Projeto Rapunzel

Júlia Lanza Orsine, aluna do Colégio ICJ, idealizou o Projeto Rapunzel, que objetiva doar perucas para crianças e adolescentes com câncer. Sua proposta é recolher lacres de alumínio e vender para reciclagem, viabilizando a arrecadação de recursos para compra das perucas. A motivação veio em 2016, quando sua mãe havia sido acometida por um câncer de mama e vivenciou a perda de cabelo durante a quimioterapia.

Diante dessa situação, ambas se mobilizaram com o profundo impacto que a ausência de cabelo causa em crianças e adolescentes do sexo feminino que também passam pelo tratamento contra o câncer. A partir desse momento, criaram uma campanha solidária informal, assistencial e benevolente com o objetivo de aumentar a estima, autoconfiança e melhorar qualidade de vida desses grupos em situação de vulnerabilidade.

A ideia foi trazida para as aulas de Formação Humana e, com o apoio da professora Mônica e da Coordenadora Junia, o projeto foi consolidado. A partir disso, a escola vem fomentando uma formação subjetiva e cidadã dos alunos, contribuindo para sustentabilidade do meio ambiente e estimulando a prática do empreendedorismo aliada à responsabilidade social.

Contudo, para que esse projeto alcance cada vez mais pessoas, é preciso que a comunidade ICJ se disponha a colaborar. Basta recolher lacres das latinhas e depositar nos pontos de coleta espalhados pelo Colégio!

Contamos com você!!!

Projeto Consciência Negra

No dia 22/11, alunos de 8º e 9º anos participaram do projeto Consciência Negra, proposto pelos professores de Geografia e História do Colégio.

Diante do crescente desrespeito do ser humano pelo seu igual, do aumento da intolerância e da incapacidade das pessoas em conviver com o outro, os professores viram a oportunidade de promoverem uma discussão acerca do etnocentrismo, com ênfase na África, Oriente Médio, Ásia e Europa.

As turmas se subdividiram e cada grupo preparou uma apresentação com um ou mais conflitos ocorridos na localidade estudada, ampliando a discussão para os demais alunos, professores e toda comunidade escolar.

Durante o trabalho, os estudantes abordaram os aspectos históricos, geográficos, humanos e sociais no curso da história da humanidade, principalmente no que diz respeito às práticas etnocêntricas e suas consequências, da antiguidade à atualidade.

Com isso, os participantes puderam realizar uma profunda reflexão sobre a importância da tolerância e do respeito para viabilizar um convívio harmônico e solidário entre as pessoas!

Confira a galeria de fotos: https://flic.kr/s/aHsmaerNka

Café Filosófico do 7º ano

Nos dias 08 e 10 de novembro, alunos de 7º ano e seus familiares participaram do Café Filosófico, projeto desenvolvido pelo professor de História, Frederico Ferreira, em parceria com a Coordenadora do Ensino Fundamental II, Junia Albuquerque.

A temática desta edição consistiu em um convite para a renovação do compromisso com a cultura da paz. Durante o evento, foram realizados debates que conduziram a várias reflexões sobre os caminhos que a sociedade escolheu e escolhe, reafirmando o compromisso e envolvimento com a realidade e com o presente: atuar, repensar, participar e transformar.

Para fomentar as discussões, foram apresentados vídeos, slides, músicas e fotos que direcionaram as reflexões. O processo envolveu identificação e análise dos problemas apresentados e pautou fatores que impedem que a ética e os valores efetivamente fundamentados sejam o alicerce para a renovação e reconstrução dos caminhos que levam à paz.

A partir disso, foram sugeridas propostas de ação, estratégias e soluções. Todos os presentes puderam se manifestar e propor caminhos que suscitam atitudes mais sólidas perante a coletividade.

Para Juliana Neves Nazario, mãe da aluna Bruna Vieira, que participou do evento:

“A concretização de um projeto com essa natureza nos fortalece e nos faz ter certeza que estamos no caminho certo na educação de nossos filhos! A ideia do café filosófico é única, possibilita a integração família e escola, estreitando laços e vínculos. Parabenizo a toda equipe pedagógica e principalmente ao idealizador do projeto, o professor Fred, que com maestria envolveu os alunos”.

Não restam dúvidas de que essa foi uma grande iniciativa de mobilização social que estimulou a formação de cidadãos críticos e responsáveis!

Confira a galeria de fotos: https://www.flickr.com/gp/[email protected]/X5gQvV

Resultados da OBR

No dia 06 de novembro, duas equipes de Robótica do ICJ viajaram para Curitiba, cidade onde participaram da etapa nacional da Olimpíada Brasileira de Robótica.

As equipes AGJ e THE LIFE PROJECT haviam se destacado na modalidade prática da etapa regional nas categorias 9º ano e Ensino Médio, respectivamente, e se classificaram para etapa nacional.

Em Curitiba, disputaram com outras escolas e mostraram muito empenho: dentre as 3.500 equipes participantes, ficaram com as 25ª e 55ª° colocações!

Por não terem chegado aos dez primeiros lugares da competição, não foram classificados para a Rodada Final. De qualquer forma, participaram da cerimônia de premiação na tarde desta sexta-feira, dia 10/11.

O Colégio se enche de orgulho, pois sabe que o time ICJ está entre os melhores do Brasil! Parabéns, equipe!!!

V Fórum de Jovens ICJ

O Fórum de Jovens é um tradicional evento do ICJ que visa promover um espaço de discussão sobre temas relevantes em diversos segmentos.

Na ocasião, alunos do 9º ano e Ensino Médio têm a oportunidade de aprender e extrapolar conteúdos que os despertam interesse a partir da participação em palestras, mesas redondas e oficinas ministradas por profissionais dos ramos selecionados, professores do Colégio e até mesmo pelos próprios estudantes.

A edição de número 5, que aconteceu nos dias 19 e 20 de outubro deste ano, contou com a presença de convidados importantes e uma intensa participação dos alunos! As temáticas abordadas giraram entorno de questões pertinentes à própria juventude, como o estudo, a tomada de decisão, o consumo consciente, a sexualidade, as drogas e o álcool. Também foram tratados assuntos voltados para o empreendedorismo e a importância da ética para uma carreira profissional de sucesso; a Revolução Digital, consciência tecnológica e manipulação as mídia; os conflitos mundiais e a cultura, abarcando fotografia, teatro, música, releitura de poemas, literatura, movimentos rítmicos, gamelab, yoga.

Assim, além de socializar informações e experiências, os estudantes puderam colocar em prática a arte de inventar, usar a criatividade, criar e participar de situações nas quais expressaram suas aspirações, sentimentos e o modo como veem a vida!

Confira as fotos: https://flic.kr/s/aHsm7rDu3T

8º ano visita Museu de Morfologia

Nesta quinta-feira, dia 26, as turmas de 8º ano do Colégio realizaram uma visita ao campus da UFMG. Juntamente com a Coordenadora Junia, a professora de Artes do ICJ, Anair Shirley, acompanhou os alunos em um tour pelo local e desenvolveu uma atividade relacionada à temática artes audiovisuais, que havia introduzido em sala de aula, com ênfase no cinema. Os estudantes deveriam escolher uma técnica, que envolvesse planos ou enquadramentos, e produzir uma fotografia devidamente identificada.

No campus, os alunos também conheceram o Museu de Ciências Morfológicas da UFMG, onde puderam ampliar os estudos e conhecimentos sobre o corpo humano, conteúdo que está sendo ensinado nas aulas de Ciências.

O museu busca incentivar uma nova consciência frente ao ensino das Ciências por meio de uma abordagem sistêmica e interdisciplinar do organismo humano. Lá, os estudantes visualizaram exposições didático-científicas com peças anatômicas, esculturas em gesso e resina, fotomicrografias de células e tecidos e embriões e fetos em diferentes fases de desenvolvimento.

Segundo o professor de Ciências do Colégio, Anderson Xavier, que também acompanhou os estudantes na visita, “o acervo é fantástico e a organização da exposição é primorosa. Pura didática!”. Ele ressalta, ainda, que o museu foi o único na América Latina, por muitos anos, a permitir o acesso e entendimento do corpo humano não somente na questão anatômica e embriológica, mas, também, no quesito “respeito” aos cadáveres desconhecidos.

Esse trabalho de campo foi muito enriquecedor, pois além das turmas colocarem em prática as noções de fotografia aprendidas nas aulas de Arte, conseguiram compreender melhor a estrutura e o funcionamento dos organismos a partir de exemplares autênticos até então vistos somente em vídeos e livros!

Aula com o programa Pense Matemática

No mês de outubro, as turmas de 5º e 6º ano tiveram um contato inicial com a plataforma Pense Matemática, que será adotada pelo ICJ em 2018 dentro da disciplina de Matemática. Com isso, os alunos puderam experimentar algumas das propostas do programa, possibilitando a adequação do mesmo à realidade da escola a partir da sequência dialética e das habilidades desenvolvidas no Colégio.

Durante a aula, os estudantes acessaram a plataforma do Pense Matemática, via web, com senhas que permitem identificar cada usuário e exibir conteúdos exclusivos para seus perfis. Dessa forma, puderam realizar atividades personalizadas por ano de escolaridade com questões distintas para os diferentes acessos.

Na área denominada “Academia”, se depararam com conteúdos de referência e sequências de atividades apresentadas de modo adaptativo. Nessa área, o programa identifica os erros de cada aluno e apresenta novas questões relacionadas às dificuldades diagnosticadas. Com esse sistema adaptativo, o Pense Matemática respeita o ritmo de aprendizado e propõe trajetórias diferentes para cada aluno.

Já na “Arena”, os estudantes puderam realizar desafios virtuais, inseridos em um ambiente saudável e estimulante.

É importante destacar que os professores possuem áreas de acesso nas quais podem obter relatórios de uso das atividades realizadas pelos alunos, possibilitando que façam intervenções mais assertivas para auxiliar o desenvolvimento na disciplina.

Com essa aula experimental, os alunos iniciaram uma trajetória que tornará o aprendizado da Matemática um processo encantador e envolvente!

Confira a galeria de fotos: https://flic.kr/s/aHsm4C2ywy

Alunos no 9º ano se divertiram no Free Time

Durante os dias 27, 28 e 29 de setembro, alunos do 9º ano fizeram uma viagem ao Hotel Free Time, em Caeté.

Acompanhados por monitores do local e pela a equipe do colégio ICJ, realizaram diversas atividades e se divertiram muito!

No clube, aproveitaram as piscinas com toboágua e um parque aquático com escorregadores e duchas. Para ficar ainda mais animado, realizaram um jogo de polo aquático no qual times de alunos e professores competiram entre si!

Os alunos também fizeram caminhadas ecológicas, trilhas de obstáculos, atividades de dança e ginástica, jogos variados, esportes radicais como ponte tibetana, tirolesa e falsa baiana, slackline e tiro ao alvo.

E a agitação não parou por aí! A turma ICJ ainda foi às festas temáticas neon e havaiana e fizeram uma grande folia.

Foi uma viagem inesquecível que deixará saudade!!!

Confira a galeria de fotos em: https://flic.kr/s/aHskoTyMqW

Festival de Dança ICJ

Entre os dias 18 e 22 de setembro, a equipe de Educação Física do Colégio realizou o Festival de Dança ICJ. Turmas do 2º ao 7º ano se dividiram em subgrupos e deram um show de criatividade em suas apresentações. Os professores ofereceram todo o suporte para os alunos, mas não interferiram em suas decisões, dando autonomia para que explorassem diferentes ideias.

Com isso, estimulou-se o diálogo e o respeito ao próximo, considerando que a liberdade de se expressarem estava sempre atrelada a um contexto no qual deveriam ponderar suas opiniões com as dos colegas para decidirem o que seria melhor para o grupo. Ademais, os alunos ajudaram-se mutuamente, possibilitando que todos conseguissem superar suas dificuldades.

Colaboração, entusiasmo e comprometimento foram aspectos que estiveram presentes durante todo o processo de preparação para as danças. Como resultado, foram apresentadas ótimas performances, que refletiram diretamente o excelente trabalho em equipe que os alunos conseguiram desenvolver!

Visita a Petrópolis

Entre os dias 22 e 23 de setembro, os alunos do 8º ano realizaram uma visita técnica a Petrópolis, no Rio de Janeiro. A viagem faz parte do projeto de História “De volta para o Brasil Império e República: uma proposta interdisciplinar”, que tem por objetivo possibilitar que os estudantes identifiquem os aspectos físico-geográficos da região e conheçam as esferas econômicas, políticas e, principalmente, sociais do Reinado de D. Pedro II, bem como o cotidiano da família Real Imperial em seu palácio, os meios de transportes e comunicação do Brasil Império e as influências culturais e econômicas da imigração na época.

Para isso, os alunos realizaram visitas guiadas a diversos pontos históricos da cidade, dentre eles a Catedral de São Pedro de Alcântara, a Mansão Tavares, os Palácios de Cristal e Quitandinha, a Casa de Santos Dumont e o Museu Imperial. No museu, também assistiram a um belo espetáculo de som e luz, que aconteceu durante a noite a partir de uma projeção na água. E para fechar a viagem com chave de ouro, a turma também conheceu o centro de compras em Itaipava, onde puderam adquirir souvenires do passeio!

Confira a galeria de fotos em: https://flic.kr/s/aHsm4Gwd6F