Cultura afro-brasileira e consciência negra

Na aula do dia 27/11, os estudantes do Ensino Médio desenvolveram um trabalho que colocou em pauta a questão da consciência negra, perpassando os campos de gastronomia, artes, educação, sistema carcerário, sexualização e feminicídio.

A professora de Literatura, História da Arte e Língua Portuguesa, Alexsandra dos Santos Sousa, propôs a atividade não como uma exigência curricular, mas com vistas a operar um movimento de discussão sobre as condições pelas quais ocorreu a abolição da escravatura no Brasil.

O foco do debate voltou-se para a forma como as heranças históricas, culturais e sociais enraizadas ao longo de 386 anos de exploração desumana da mão de obra negra de origem africana, marcaram profunda e definitivamente a estrutura política brasileira.

Confira a galeria de fotos: https://flic.kr/s/aHsmsvWRff

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *