O conhecimento de mundo por meio da prática do voluntariado

Visando evidenciar a relevância do voluntariado e o protagonismo juvenil, o Colégio ICJ deu inicio, neste ano, ao projeto “Eutrapelia”. Com o intuito de capacitar os jovens para essa iniciativa de tamanha relevância, foram desenvolvidas seis oficinas com temas diversos: higienização, prevenção e cuidados no asilo, dinâmicas de grupo envolvendo expressão corporal, musicoterapia, técnicas de contação de histórias, ética e sigilo no ambiente de asilamento e fundamentos do voluntariado. Essa qualificação aconteceu dentro da escola, no horário do contraturno.

O projeto “Eutrapelia” está sendo desenvolvido com os alunos do 6º ano do Ensino Fundamental II até o 2º ano do Ensino Médio. Seu principal objetivo é colocar os talentos dos estudantes em prol da sociedade e proporcionar a vivência da prática voluntária. Neste ano, a culminância acontecerá no asilo “Lar Clotilde Martins”.

Confira as fotos pelo link a seguir:

20190911_151219

Colégio ICJ e a valorização à vida

Na última terça feira, dia 24 de setembro, o Colégio ICJ promoveu um intervalo um pouco diferente. Pensando no setembro amarelo e na importância de se entender sobre a prevenção ao suicídio e a valorização à vida, foi colocado um mural nas dependências da escola para que os alunos pudessem deixar uma mensagem de motivação e alegria, para todos aqueles que por ali passarem.

Além disso, foi entregue a cada aluno uma fita amarela para simbolizar esse momento. O Colégio ICJ entende que pequenos gestos como esse são importantes para trazer ainda mais consciência aos estudantes e fazê-los entender que a vida precisa ser valorizada, não apenas no mês de setembro, mas durante todo o ano.

Para saber mais sobre o que aconteceu durante o intervalo, acesse nosso Flickr:

2e854652-925b-497f-98ef-3ea20e1dd626

Mostra de Ciências e Tecnologia do Colégio ICJ

A Mostra de Ciências e Tecnologia do Colégio ICJ aconteceu no último sábado e foi um sucesso. Com o tema abordado, “A tecnologia como aliada da transformação social”, os alunos tiveram a oportunidade de aprender e demonstrar sobre os obstáculos enfrentados por parte da população, principalmente aqueles que possuem algum tipo de deficiência, e a necessidade de mudança e adaptação. Nesse sentido, a tecnologia é uma aliada importante: os alunos do 6º ano, por exemplo, trabalharam sobre como a tecnologia melhora a qualidade dos Sistemas de Transporte.

Além de trabalhar sobre os obstáculos das pessoas com deficiência física, os alunos também trataram sobre outros desafios que a tecnologia pode auxiliar, como nas tecnologias assistivas no controle da diabetes. A sustentabilidade não foi esquecida, tendo sido trabalhada pelos alunos do 7º ano, que fizeram uma cidade inteligente e sustentável.

É importante destacar que todas as atividades possuíam uma interação muito grande com os participantes. Vendar os olhos e utilizar cadeiras de rodas para realizar percursos foram situações colocadas para que as pessoas entendessem, na prática, as dificuldades enfrentadas no dia a dia daqueles que possuem essa realidade.

Como de costume, os alunos do 3º ano do Ensino Médio realizaram o “Bazar do Terceirão”. A ação contou com muita variedade de roupas, calçados e acessórios, com o objetivo de arrecadar fundos para a formatura do último ano escolar.

Por mais um ano, a Mostra de Ciências e Tecnologia abordou assuntos muito importantes para a sociedade em geral, onde os alunos e participantes puderam aprender e a lidar com a tecnologia, aliando-a à transformação social.

Confira a galeria de fotos dessa atividade no nosso Flickr:

IMG_3808

Produtos derivados do café

As substâncias orgânicas e suas aplicações são um dos conteúdos contemplados no 3º ano do Ensino Médio, em química. A professora Maria Esther, visando a aplicabilidade dessa matéria, propôs para os estudantes um aprofundamento sobre o tema utilizando o café como exemplo. A atividade se iniciou com a aprendizagem sobre os métodos de colheitas desse grão, a sua forma de manuseio e as substâncias encontradas no seu interior. Depois os estudantes colocaram a mão na massa e desenvolveram uma série de produtos com essa matéria-prima.

Nas fotos a seguir, você pode conferir o resultado final de: um limpa superfícies enferrujadas (antioxidante), um sabão esfoliante e uma vela artesanal.

IMG-20190806-WA0014

Múltiplas etapas no Projeto literário

O professor de português, Tulius Mendonça, com o intuito de despertar o interesse pela leitura, realizou um trabalho literário com as turmas do 9º ano (Ensino Fundamental II) e do 1º ano (Ensino Médio). Esse projeto foi realizado e avaliado em inúmeros momentos.

O 9º ano teve como foco a obra “O Chamado do Monstro”, do autor Patrick Ness. Após feita a leitura do livro, os alunos produziram um clipe, no Laboratório de Inovação, com algumas frases de impacto da trama. Posteriormente, apresentaram o resultado e debateram sobre a história. O conteúdo da narrativa também foi contemplado com questões na prova de português.

Já os alunos do 1º ano trabalharam com o livro “O Sol é para todos”, de Harper Lee. O desenvolvimento da atividade começou com uma roda de conversa em sala. Logo após, os estudantes tiveram duas aulas para desenvolver, no Laboratório de Inovação, um design para a apresentação. Por fim, eles fizeram uma exposição sobre a subjetividade de cada um frente as questões apontadas no livro.

Confira as fotos no Flickr:

WhatsApp Image 2019-08-08 at 11.38.18

 

A Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica e a busca por conhecimento

A Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) é um evento com participação de escolas públicas e privadas de todo o país e ocorre dentro das próprias escolas, com alunos voluntários.  A Olimpíada tem o objetivo de difundir o conhecimento astronômico pelo Brasil, despertando o interesse dos jovens pela área.

O Colégio ICJ foi um dos participantes do evento e contou com 33 alunos voluntários e 16 medalhas conquistadas. Os alunos Alice Campos, do 3º ano do Ensino Médio, e Pedro Ribas, do 9º ano, foram selecionados para a etapa internacional.  É importante ressaltar que, agora, há a possibilidade de que estudantes participantes de competições do conhecimento, como o OBA, ingressem em vagas adicionais da graduação da Universidade de São Paulo. Parabéns aos participantes!

Setembro Amarelo e a importância social

O Setembro Amarelo é uma campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio e foi criado com a proposta de associar a cor ao mês que marca o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio, dia 10 de setembro. É importante que o tema seja cada vez mais discutido, principalmente em escolas, para que os alunos entendam do que se trata, discutam sobre o assunto e valorizem a vida.

O Colégio ICJ, com sua educação com amor, entende a importância e necessidade de colocar o tema em pauta, orientando os alunos a apoiarem quem estiver nesta situação e indicando que há ajuda médica para quem precisa. É importante ressaltar que a campanha acontece no mês de setembro, mas falar sobre prevenção do suicídio é fundamental durante todo o ano.

Projeto #BullyingEstouFora

A partir do segundo semestre deste ano, o Colégio ICJ embarcou fundo na conscientização em relação ao bullying com a campanha #BULLYINGESTOUFORA. Realizado com os alunos desde o 3º ano do Ensino Fundamental I até o 3º ano do Ensino Médio, a atividade foi marcada por vídeos e frases que propiciam a reflexão sobre o assunto.  Além disso, algumas turmas registraram suas ideias acerca desse tema com manifestações escritas e desenhos.

Segundo a coordenadora do Serviço de Orientação Educacional (SOE) do colégio, Emmanuelle Brasil, o projeto surgiu da necessidade de prevenir práticas de bullying dentro e fora do contexto escolar. “Acreditamos que é importante trazer essas conversas e debates para a sala de aula para que os alunos consigam se colocar no lugar do outro”, conclui.

O bullying causa consequências graves na vida de todos os envolvidos. Os agressores podem se tornar adultos violentos e as vítimas tendem a desenvolver problema graves como depressão. O papel da escola não se restringe apenas à formação de bons profissionais para o mercado, mas também o desenvolvimento de pessoas críticas e éticas!

Confira todas as fotos dessa atividade no nosso Flickr:

WhatsApp Image 2019-08-28 at 15.04.08

Tradição na Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR)

Nos dias 24 e 25 desse mês aconteceu a etapa regional da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR) em Divinópolis. O Colégio ICJ marcou presença e saiu vitorioso nos dois níveis da competição. Isso porque existe uma intensa imersão dos alunos nas práticas de Robótica a partir do 5º ano desde 2013 no colégio.

De maneira geral, esses resultados expressivos, como podem ser vistos a seguir, são frutos de uma intencionalidade pedagógica que visa à aprendizagem efetiva dos alunos. A abstração dos conteúdos de física e matemática é resolvida com as práticas da Robótica, que trazem significado para o aluno, facilitando a compreensão e mostrando a aplicabilidade no cotidiano. Portanto, a Robótica vem como uma alternativa inovadora para alcançar o campo do tangível colocando conceitos científicos em prática.

E é exatamente nessa educação que nós acreditamos. Queremos que os nossos alunos estejam preparados para compreender o mundo de forma ampla e plural! O Colégio ICJ parabeniza a todos que participaram e deram seu melhor. Ficamos orgulhosos por cada um de vocês nos representaram tão bem.

Confira a colocação dos classificados para a etapa estadual:

Nível 1:

1º lugar – The Life Project Júnior 1
3º lugar – The Life Project Júnior 2

4º lugar – Walle

 

Nível 2:

1º lugar – The Life Project
2º lugar – Two
3º lugar – Wolf Pack

Confira a galeria de fotos no nosso Flickr:

WSIB7327

Questões ambientais: para além da reflexão!

Atualmente, as questões ambientais estão cada vez mais em pauta. Refletir e mudar suas ações são os primeiros passos para minimizar tamanho efeito que o homem tem causado no meio ambiente. Pensando sobre essa problemática, a professora Maria Esther propôs aos alunos do 3º ano (Ensino Médio) a produção de sabão em barra com óleo de cozinha.

Para evitar o descarte desse óleo em locais inadequados como ralo de pia, vaso sanitário e lixo orgânico, a opção de transformar em uma nova matéria, como sabão, é uma alternativa assertiva. Isso porque o descarte incorreto ocasiona à contaminação dos mananciais aquáticos, do solo e da atmosfera.

Confira a galeria de fotos dessa atividade pelo link a seguir: