Palestra “Mercado de Trabalho e Soft Skills” com Professora Aleika Magalhães

No dia 04 de junho, terça-feira, o Colégio ICJ teve a honra de receber a professora Aleika Magalhães, da Faculdade Newton Paiva, para uma enriquecedora palestra sobre o tema “Mercado de Trabalho e Soft Skills”. O evento, que faz parte da aula de Repertório Sócio-Cultural realizada semanalmente nas tardes de terça-feira, reuniu os alunos da terceira série do Ensino Médio em um ambiente de aprendizado e reflexão.

A professora Aleika abordou uma série de tópicos cruciais para o entendimento das demandas do mercado de trabalho contemporâneo. Entre os principais pontos discutidos estavam as carreiras não lineares, a velocidade das mudanças no contexto atual, e as mudanças nas tendências da educação frente à influência digital. Ela destacou a importância das novas competências necessárias para os dias de hoje, enfatizando tanto as habilidades técnicas quanto as soft skills.

Um dos pontos altos da palestra foi a reflexão sobre a frase: “O mercado contrata pelo currículo, mas demite por causa do comportamento”. Com essa afirmação, a professora Aleika ressaltou a importância das soft skills, que englobam aspectos emocionais, psicológicos e comportamentais, como autoconhecimento, autorregulação e gestão de sentimentos e emoções.

A professora explicou que, em um mundo cada vez mais tecnológico, as relações interpessoais ganham ainda mais relevância. As soft skills, segundo ela, são fundamentais para a convivência e o sucesso profissional, pois ajudam na administração das emoções e na capacidade de se adaptar e colaborar em equipe.

Os alunos, provocados pelo tema, participaram ativamente da palestra. Eles fizeram perguntas e mostraram grande interesse, refletindo sobre suas próprias carreiras e atitudes no momento presente. Essa interação demonstrou o quanto o tema é relevante e necessário para a formação dos futuros profissionais.

A palestra da professora Aleika Magalhães foi um verdadeiro convite à reflexão e ao desenvolvimento pessoal. Este momento é um dos vários que reforçam o compromisso do Colégio ICJ em oferecer uma formação integral que vá além do conhecimento técnico, promovendo o crescimento emocional e comportamental de seus alunos.

Antonio Leonardo de Souza

Professor

Segunda Jornada Profissional do Colégio ICJ: Um Passo Decisivo na Formação dos Alunos

Entre os dias 27 e 29 de maio, o Colégio ICJ realizou a sua Segunda Jornada Profissional, um evento que contou com a presença de diversas e renomadas instituições de ensino superior. A iniciativa teve como objetivo proporcionar aos alunos um aprofundamento no conhecimento de diversas carreiras, além de abrir horizontes para novas possibilidades profissionais. Durante os três dias de evento, os alunos tiveram a oportunidade de participar de palestras e oficinas interativas que abordaram diferentes áreas do conhecimento.

A abertura do evento, no dia 27, foi marcada pela palestra “O que o mercado do futuro espera do aluno de hoje?”, ministrada pelo professor Leandro Cesar Diniz da Silva, da Newton Paiva. A palestra destacou as habilidades e competências que os futuros profissionais devem desenvolver para se destacarem em um mercado de trabalho em constante transformação. Em seguida, a Newton Paiva ofereceu três oficinas práticas: Veterinária: Conhecendo o coração do seu pet; Odontologia: Por dentro da odontologia; e TI: Tecnologia da Informação. Na parte da tarde, a Faculdade Ibmec apresentou uma palestra com o Coordenador de Engenharia de Produção, que abordou uma visão institucional e, em seguida, conduziu uma oficina prática com a utilização de uma impressora 3D. O dia encerrou com uma oficina de orientação de carreiras baseada em testes de soft skills, ajudando os alunos a identificar suas competências comportamentais.

O segundo dia foi dedicado à área de saúde, em parceria com a Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais, que ofereceu cinco oficinas: Medicina: BLS (Suporte Básico de Vida); Enfermagem: Prevenção do uso abusivo de substâncias; Fisioterapia: Termografia como ferramenta de avaliação; Odontologia: Odontologia do esporte; e Psicologia: Autoconhecimento e escolha profissional. No período da tarde, a Universidade FUMEC ofereceu mais três oficinas em diferentes áreas: Ciências Aeronáuticas: Simulador de voo; Arquitetura e Urbanismo: Oficina de desenho; e Computação Gráfica: Suas fantasias e aplicação à computação gráfica.

O último dia da Jornada contou com duas oficinas promovidas pela PUC Minas: Computação: Utilizando o MIT App Inventor; e Odontologia: Sutura em odontologia. A Segunda Jornada Profissional do Colégio ICJ foi um verdadeiro momento de imersão em diversas carreiras. O evento não só proporcionou um aprofundamento em cursos já conhecidos, mas também expôs os alunos a novas possibilidades, essenciais em uma fase de exploração e construção de suas trajetórias profissionais. Essas experiências são de grande importância para os estudantes, pois permitem que eles vivenciem na prática as realidades de diferentes profissões, auxiliando na tomada de decisão sobre seu futuro acadêmico e profissional. Além disso, a orientação profissional personalizada oferecida pelo Colégio ICJ durante o evento ajuda os alunos a compreenderem melhor suas habilidades e interesses, guiando-os de maneira mais assertiva em suas escolhas.

O Colégio ICJ agradece imensamente a cada uma das faculdades e universidades parceiras por sua contribuição e dedicação em tornar esse projeto um sucesso. A colaboração de todas as instituições envolvidas foi fundamental para proporcionar uma experiência enriquecedora e transformadora aos nossos alunos.

Antonio Leonardo de Souza

Professor

Alunos da Terceira Série Vivenciam Dia de Experiência na FDC

No dia 21 de maio, os alunos da terceira série do Colégio ICJ participaram do “FDC Experience Day” na Fundação Dom Cabral (FDC). Durante este evento, os estudantes participaram de diversas atividades e dinâmicas, vivenciando um pouco do ambiente acadêmico de uma das melhores escolas de negócios do país.

Os alunos participaram de uma oficina sobre a abordagem prática dos diferentes estilos de liderança, conheceram sobre os estilos de liderança, suas aplicações e impactos no ambiente corporativo. Em outra oficina, voltada para inovação e tendências de mercado, os estudantes tiveram contato com as últimas tendências e inovações no mercado, entendendo como essas mudanças podem influenciar o futuro dos negócios. Além disso, houve um bate-papo com alunos da FDC, um momento de troca de experiências, onde os alunos do Colégio ICJ tiveram contato com atuais alunos da FDC e puderam entender melhor as especificidades da vida acadêmica na FDC. Outra oficina destacou a importância dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), incentivando os alunos a refletirem sobre sustentabilidade e responsabilidade social em suas futuras carreiras.

A FDC é reconhecida como a 7ª melhor escola de negócios do mundo, de acordo com o ranking de educação executiva do jornal Financial Times. A instituição destaca-se por oferecer soluções educacionais inovadoras, sustentadas por alianças estratégicas e acordos de cooperação com renomadas instituições na Europa, Estados Unidos, China, Índia, Rússia e América Latina. Essa ampla rede de escolas e parcerias possibilita o acesso a modernas ferramentas de gestão de negócios, troca de experiências e geração conjunta de conhecimento.

A participação no “FDC Experience Day” foi uma experiência enriquecedora para os alunos do Colégio ICJ, dessa vez vislumbrando as possibilidades de carreira no mundo dos negócios. Mais uma experiência vivida no processo de preparação dos nossos alunos para os desafios e oportunidades do mercado.

 

Antônio Leonardo de Souza
Professor

Desenvolvimento Sustentável: Desafios e Oportunidades para o Futuro

Hoje, no Colégio ICJ, os alunos da terceira série do Ensino Médio, na disciplina de Repertório Cultural tiveram a oportunidade de participar de uma palestra sobre “Desenvolvimento Sustentável”, ministrada pela professora Bárbara, por meio de uma parceria com a Faculdade Newton Paiva.

Durante a palestra, foram abordados diversos temas relevantes que nos convidam à reflexão sobre a relação entre a humanidade e o meio ambiente. A história do Dia da Sobrecarga da Terra, desde sua origem em 1970 até os dias atuais, foi destacada para evidenciar os desafios enfrentados pelo planeta devido à exploração desenfreada de recursos naturais.

A compressão do conceito de desenvolvimento sustentável foi discutida, elucidando como essa abordagem pode nos ajudar a compreender os limites do nosso planeta e a urgência de adotarmos práticas mais conscientes em relação ao meio ambiente.

A palestrante também trouxe à tona a questão da degradação ambiental e como ela está intrinsicamente ligada aos modelos de desenvolvimento adotados ao longo da história. Foi destacada a importância de repensarmos nossos padrões de consumo e produção para buscarmos um equilíbrio sustentável.

Um ponto interessante foi a aplicação da teoria dos jogos, ou, o dilema do prisioneiro e o conceito de Equilíbrio de Nash, para compreendermos os desafios e as possibilidades de alcançarmos a sustentabilidade em escala global.

A evolução da percepção dos problemas ambientais ao longo das décadas, desde os anos 50 até os dias atuais, foi contextualizada, destacando eventos importantes como a Conferência Rio+20 e a persistência das chamadas “dívidas civilizatórias”.

A palestra também enfatizou a importância dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável como um guia para ações concretas em direção a um futuro mais sustentável, bem como a necessidade de fortalecer a segurança pública ambiental e desenvolver políticas ambientais eficazes, especialmente em cidades do interior do Brasil.

Por fim, a palestrante falou sobre as diversas oportunidades de atuação profissional e carreiras que podem contribuir significativamente para o desenvolvimento sustentável, inspirando os alunos a considerarem formas de engajamento nessa causa tão premente para o nosso tempo.

A palestra sobre desenvolvimento sustentável, além de possibilitar a consolidação de conhecimentos necessários para o ENEM, oferece aos alunos do Colégio ICJ uma oportunidade singular de aprender, refletir e se inspirar a agir em prol de um futuro mais sustentável e equilibrado.

Antônio Leonardo de Souza
Professor

Palestra no Colégio ICJ Discute Futuro do Mercado de Trabalho e Importância do Ensino Superior

No dia 30 de abril, os alunos da segunda e terceira série do ensino médio do Colégio ICJ tiveram a oportunidade de participar de uma palestra realizada pela Central de Serviços de Carreira da PUC Minas. Com o tema “Uma visão sobre o mercado de trabalho: a importância do ensino superior para a trabalhabilidade”, a palestra abordou uma série de tópicos relevantes para os jovens que se preparam para ingressar no mundo profissional.

Entre os assuntos discutidos, destacaram-se questões sobre a preparação para o mercado do futuro e a constatação de que este não será como antigamente. A palestrante, Flávia, enfatizou a natureza multifacetada e incerta da sociedade contemporânea, marcada por ambiguidades, volatilidade e a presença crescente de tecnologias como a inteligência artificial.

Um termo que chamou a atenção foi BANI (Brittle, anxious, nonlinear, incomprehensible), utilizado para descrever características do mundo atual. Além disso, a automação do mercado de trabalho até 2030 foi abordada, ressaltando a necessidade de os jovens desenvolverem competências específicas para se adaptarem a esse cenário em constante evolução.

A discussão também contemplou o debate entre emprego formal e empreendedorismo, com destaque para o papel das startups na economia atual. A pertinência e vantagens do ensino superior foram discutidas, enfatizando a importância dessa etapa da formação educacional na preparação para os desafios do mercado de trabalho.

Por fim, foi destacada a importância do planejamento de carreira, incentivando os alunos a definirem objetivos claros, estabelecerem metas e buscarem autonomia, curiosidade e aprendizado contínuo. A relação entre discernimento vocacional e orientação de carreira também foi abordada, ressaltando a complementaridade entre esses dois aspectos fundamentais no processo de escolha profissional.

A palestra, realizada em função do projeto de Repertório Cultural, ofereceu aos alunos do Colégio ICJ uma oportunidade de reflexão sobre os desafios e oportunidades que os aguardam no mercado de trabalho. Ao destacar a importância do ensino superior e do planejamento de carreira, a atividade contribuiu significativamente para a ampliação do repertório dos estudantes, preparando-os não apenas para os exames, mas também para as exigências e demandas do mundo profissional em constante transformação.

Palestra promove conscientização sobre prevenção ao alcoolismo entre estudantes do ICJ

No dia 16 de abril, os alunos da primeira e terceira séries do Colégio ICJ participaram de uma palestra focada na prevenção ao alcoolismo. O evento teve como objetivo abordar um tema de grande relevância diante do aumento significativo do consumo de álcool entre os adolescentes brasileiros.

Desde 2019, o Brasil tem testemunhado um alarmante crescimento de 63,2% no consumo de álcool entre os jovens, segundo o último levantamento disponível. A pandemia de Covid-19, ao concentrar o consumo de álcool nos lares, pode ter contribuído ainda mais para esse cenário preocupante.

A palestra realizada no Colégio ICJ não se limitou apenas a uma exposição unidirecional de informações, mas foi um momento interativo e dialogado. Sob a condução de Rosângela Guerra, representante do Instituto Aliança, os alunos foram incentivados a participar ativamente, levantando questões e compartilhando suas próprias experiências.

Esse formato dinâmico e participativo tornou o momento instigante e provocativo. Os estudantes puderam engajar-se em discussões sobre a cultura de normalização do consumo de álcool, especialmente em idades cada vez mais precoces. Longe de adotar uma postura moralista, a abordagem visava estimular a reflexão sobre os impactos do consumo de bebidas alcoólicas em uma fase crucial de desenvolvimento, quando o cérebro ainda está em formação e suscetível a danos permanentes.

Ao proporcionar um espaço para que os alunos expressassem suas dúvidas, preocupações e pontos de vista, a palestra não apenas transmitiu conhecimento, mas também estimulou uma conscientização mais profunda sobre os riscos associados ao consumo de álcool na adolescência. Essa abordagem colaborativa e reflexiva contribuiu para um ambiente de aprendizado enriquecedor, onde os estudantes puderam se sentir ouvidos e valorizados em suas contribuições para a discussão sobre saúde e bem-estar.

Em suma, a iniciativa é parte das diversas iniciativas para promover uma educação completa, que prepara os alunos não apenas para os desafios acadêmicos, mas também para uma vida adulta plena, saudável e de sucesso.

“Nós gostamos muito da palestra, achamos interessante e ela trouxe uma reflexão muito positiva sobre o tema. Achamos dinâmica e sentimos falta de aulas assim.” Gabriela Franco 1 serie Juliana 3ª série.

 

Cerimônia de Premiação do “Aluno Destaque” | 10ª Edição

No dia 04 de março de 2024, o Colégio ICJ teve a honra de sediar a 10ª edição da cerimônia de premiação do programa “Aluno Destaque”, um momento especial para reconhecer e homenagear os estudantes que se destacaram pelo excelente desempenho acadêmico ao longo do ano de 2023.

A cerimônia teve início com as calorosas palavras de boas-vindas da coordenadora Daniela Pérez, que ressaltou a importância do evento como uma oportunidade de incentivar e reconhecer os esforços dos estudantes. Em um gesto de respeito e celebração, todos os presentes foram convidados a entoar o Hino Nacional, iniciando assim a programação.

Em um contexto especial, em que celebramos o Mês da Mulher, a cerimônia também prestou homenagem à figura marcante de Elza Gonçalves Fabel, carinhosamente conhecida como Dona Elza, fundadora da instituição. A diretora pedagógica, Aparecida Nicolai, conduziu esse momento de reverência e reconhecimento, destacando o legado
inspirador de Dona Elza no campo da educação.

Dona Elza Fabel foi lembrada como uma mulher memorável, cuja visão inovadora e compromisso com a educação deixaram uma marca indelével no Colégio ICJ. Sua trajetória notável como educadora e empreendedora foi descrita com admiração e gratidão, lembrando seu papel fundamental na concepção e implementação do modelo pedagógico
da instituição.

Em seguida, os alunos foram convidados a declamar textos autorais em homenagem à
Dona Elza, demonstrando reverência e reconhecimento pelo legado deixado pela
fundadora.

Após a emocionante homenagem, a orientadora educacional, Mirene Amoroso, expressou sua gratidão às famílias dos estudantes destaques, de modo a enfatizar o papel fundamental que desempenham na formação integral de seus filhos. O programa “Aluno Destaque”; é uma iniciativa que visa reconhecer e premiar os esforços dos alunos em sua
jornada acadêmica, incentivando a busca pela excelência e pelo conhecimento.

Para encerrar a cerimônia, o ex-aluno Delmer Cesário proferiu um discurso emocionante, ressaltando a importância do reconhecimento dos esforços dos alunos e o papel transformador da educação na formação de cidadãos conscientes e comprometidos.

O programa “Aluno Destaque” reafirma o compromisso do Colégio ICJ com a excelência acadêmica e com a formação integral dos estudantes. Parabenizamos a todos os estudantes premiados e suas famílias por esse momento de conquista e reconhecimento.

Alunos Premiados:

6º Ano: Sophia de A.B. (1º lugar)
7º Ano: Isabella C. Mourão (1º lugar)
9º Ano: Bernardo G.T.P. Perez (2º lugar)
1º Ano EM: Júlia V. Lopes (1º lugar), Lucas N. de Castro (2º lugar), Geovanna M. Debortoli (3º lugar)
2º Ano EM: Fernanda P. M. de Barros (1º lugar), Lucas Henrique B. Cezario (2º lugar), Pietro Fellipe R. Queiroz (3º lugar).

Projeto de Plano Emocional: Cuidando do Bem-Estar dos Alunos do 3º ano do Ensino Médio

No Colégio, a preocupação com o desenvolvimento integral dos alunos vai além das salas de aula. A Orientadora Pedagógica Mirene Amoroso tem liderado o “Projeto de Plano Emocional”, uma iniciativa dedicada a oferecer suporte emocional aos estudantes do 3º ano do Ensino Médio, especialmente neste período crucial em que se aproximam do ENEM e dos vestibulares.

Recentemente, tivemos duas ações fundamentais dentro desse projeto. A primeira foi um jogo amistoso, proporcionando um momento de descontração e integração entre os alunos, visando aliviar a pressão e fortalecer os laços de amizade.

Hoje, tivemos a honra de receber um convidado especial em parceria com a Universidade PUC Minas: um Instrutor de Yoga e Meditação, bacharelando em psicologia. Ele conduziu atividades de relaxamento e compartilhou técnicas de meditação, proporcionando aos alunos ferramentas essenciais para lidar com momentos de ansiedade e tensão.

Através dessas ações, buscamos não apenas preparar academicamente nossos alunos, mas também cuidar de sua saúde emocional e bem-estar geral. Agradecemos à orientadora Mirene Amoroso e a todos os envolvidos por seu comprometimento em promover um ambiente escolar acolhedor e equilibrado. Juntos, estamos construindo não apenas estudantes preparados, mas também seres humanos resilientes e conscientes.

 

Parceria para o Novo Ensino Médio ICJ

O Colégio ICJ tem se destacado por sua constante busca por inovação educacional. Em 2022, a instituição implementou o projeto do Novo Ensino Médio ICJ+, alinhado às mudanças propostas pela Lei 13.415/2017, que introduziu os Itinerários Formativos na grade curricular do Ensino Médio. Para o ano de 2024, o Colégio ICJ tem o prazer de anunciar uma nova parceria educacional com o Centro Universitário Newton Paiva. Esta colaboração traz consigo uma série de novidades significativas para os estudantes do 1º e 2º ano do Ensino Médio.

As disciplinas eletivas oferecidas incluem uma variedade de tópicos interessantes, como “Lógica e Programação por meio de Jogos”, “Direito através do cinema”, “Iniciação ao Software AutoCAD”, entre outros. Essas disciplinas serão ministradas na modalidade presencial, todas as quintas-feiras, das 14h às 16h, nas instalações da Newton – Campus Silva Lobo, localizada no bairro Nova Granada.

Os alunos do Colégio ICJ tiveram a oportunidade de escolher suas disciplinas de interesse por meio de uma enquete, e as duas disciplinas mais votadas,”Noções básicas de Primeiros Socorro” e “Direito Através do Cinema”, serão oferecidas de março a julho de 2024.

A parceria com a Newton amplia as opções educacionais para os alunos do Colégio ICJ e traz a vantagem de proximidade geográfica, facilitando o acesso às instalações da Newton – Campus Silva Lobo. Esta colaboração tem como objetivo enriquecer a experiência educacional dos alunos e os preparar para desafios e oportunidades.

 

logo

 

O uso do celular em sala de aula

Vivemos em uma era digital, onde o acesso à informação está ao alcance de um toque na tela do celular. No
entanto, esse avanço tecnológico também trouxe desafios, especialmente quando se trata do uso do celular pelos jovens e adolescentes, principalmente no ambiente escolar.

O uso de celular nas escolas é um tema que gera bastante discussão e reflexão. Por um lado, a tecnologia facilita o acesso à informação e pode ser uma ferramenta útil para o aprendizado. No entanto, o uso excessivo do celular pode trazer consequências negativas para o ambiente escolar.

É inegável que os dispositivos móveis oferecem um vasto leque de recursos educacionais, desde acesso a livros digitais, aplicativos de aprendizado, até a possibilidade de realizar pesquisas de forma rápida e dinâmica. Além disso, o celular pode ser um meio de comunicação importante em situações de emergência.

Por outro lado, o uso indiscriminado do celular pode trazer distrações, prejudicar a concentração dos alunos e interferir negativamente no processo de ensino-aprendizagem. Além disso, o uso excessivo das redes sociais e jogos pode impactar o bom andamento das aulas e até mesmo contribuir para o cyberbullying.

Portanto, o debate sobre o uso de celular nas escolas deve ser pautado pela reflexão sobre como fazer uso consciente e educativo da tecnologia, buscando sempre o equilíbrio entre o acesso à informação e a preservação do ambiente escolar como um espaço propício para o aprendizado e convivência saudável.

Benefícios do Uso do Celular em Sala de Aula:

1. Acesso a Recursos Educativos: Os celulares podem ser utilizados como ferramentas de aprendizado, proporcionando acesso rápido a informações, aplicativos educativos e materiais complementares que enriquecem o processo de ensino-aprendizagem.

2. Facilidade de Comunicação: acesso rápido e controle da família com o aluno, quando este está dentro do ambiente escolar; apesar da escola propiciar diversos canais de atendimento às famílias.

3. Estímulo à Criatividade e Colaboração: Por meio de aplicativos e ferramentas disponíveis nos celulares, os alunos podem desenvolver projetos colaborativos, criar conteúdo multimídia e explorar novas formas de expressão criativa.

Malefícios do Uso do Celular em Sala de Aula:

1. Distração e Desatenção: O uso indevido do celular pode facilmente distrair os alunos durante as aulas, prejudicando sua concentração e absorção de conteúdo, além de interferir no rendimento acadêmico.

2. Isolamento Social: O uso excessivo do celular pode levar ao isolamento social, diminuindo as interações pessoais entre os alunos e prejudicando o desenvolvimento de habilidades sociais importantes.

3. Riscos à Saúde Mental e Bem-Estar: O uso descontrolado do celular está associado a problemas de saúde mental, como ansiedade, depressão e falta de sono adequado, impactando negativamente o bem-estar dos alunos.

Em dezembro de 2023, o Relatório Global de Monitoramento da Educação 2023 da Unesco, intitulado “A
tecnologia na educação, uma ferramenta a serviço de quem?” divulgou dados que associam diretamente o
aumento de tempo no celular com a queda do desempenho em matemática. O programa internacional de
avaliação de alunos apontou que o uso dos aparelhos sem restrição prejudica a aprendizagem, a concentração e a
saúde das crianças. O uso de smartphones nas salas de aula leva os alunos a se envolverem em atividades não
relacionadas à escola, o que afeta a memória e a compreensão.

É importante ressaltar que, atualmente, os malefícios do uso deste equipamento no ambiente escolar estão
levando à definição de leis que proíbem a sua utilização. Nos Estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Santa
Catarina, o uso do celular nas escolas da rede pública e particular já está proibido. Holanda, Finlândia e França
também já adotaram medidas semelhantes.

A Importância da Orientação Parental:

Como pais, desempenhamos um papel fundamental na orientação e educação de nossos filhos sobre o uso
responsável e equilibrado do celular. É essencial estabelecermos limites claros e incentivar um uso consciente
desse dispositivo, enfatizando a importância de priorizar o tempo dedicado aos estudos e à interação pessoal.

Encorajamos vocês, pais do Colégio ICJ, a conversarem abertamente com seus filhos sobre os benefícios e riscos
do uso do celular em sala de aula, estabelecendo regras e horários específicos para seu uso. Além disso,
incentivem o uso do celular como uma ferramenta de apoio ao aprendizado, orientando-os a utilizar recursos
educativos de forma produtiva e responsável.

Juntos, podemos promover um ambiente escolar mais saudável, onde a tecnologia seja aliada do conhecimento e
do desenvolvimento pessoal de nossos filhos.

Colégio ICJ