ENEM 2019 – Notas da Redação

A notas do ENEM 2019 foram divulgadas e, mais uma vez, os alunos do Colégio ICJ deram um show! Depois de muito estudo e dedicação dos alunos e professores, os estudantes tiveram um alto desempenho, principalmente na redação. Confira os resultados:

Alice Parreiras Campos – 940 pontos

Ana Paula Dias Alves Oliveira – 920 pontos

Camila Jordana Figueiredo de Oliveira – 920 pontos

Danilo Valadares Campos Mota – 880 pontos

Eduardo Gil Santos – 960 pontos

Gabriela Silva Medeiros – 880 pontos

Giovanna Gonçalves Maia – 960 pontos

Isadora Reis de Souza – 940 pontos

João Gabriel Mendes Barbosa – 940 pontos

Júlia de Melo Borges – 940 pontos

Kevyn Douglas Dias Silva – 920 pontos

Laura Nogueira de Almeida – 920 pontos

Leyla Carvalho Cristófaro – 940 pontos

Marcelo Willian de Souza Pereira – 940 pontos

Mariana Borelli Pereira – 980 pontos

Mariana de Melo Ferraz – 960 pontos

Nathalia Randazzo Gontijo do Nascimento – 880 pontos

Rafaela da Silva Ribeiro – 920 pontos

Pedro Marcos Siqueira de Castro Santos – 960 pontos

Thomaz Rezende Pinto – 920 pontos

Nós, do Colégio ICJ, desejamos muito sucesso na nova etapa que se inicia.

Em breve teremos os resultados das aprovações, fiquem ligados!

ICJ marca presença na Jornada do Conhecimento

Estar atualizado é uma das maiores demandas da contemporaneidade. O Colégio ICJ tem sempre a inovação como norte e segue as necessidades da geração dos nossos alunos. Para que isso seja concretizado de forma efetiva, nossa equipe de coordenação e gestão pedagógica está sempre presente em eventos, cursos e treinamentos voltados para a área educacional, buscando as melhores práticas pedagógicas que tenham afinidade com o projeto do colégio. A mais recente participação foi na “Jornada do Conhecimento”, promovida pelo Sistema de Ensino Bernoulli, que contou com nomes de peso e referência no cenário nacional. O principal objetivo da jornada foi reunir as escolas parceiras do grupo e debater ideias e estratégias das novas tendências da educação.

Para a coordenadora pedagógica do ICJ, Aparecida Nicolai, esse tipo de espaço de troca é de extrema importância por deixar claro o quanto a educação segue em transformação. No entanto, ela sinaliza para algo importante: “Precisamos ter expertise, prezar pela inovação e pela formação de um time comprometido. Isso tudo sem perder a nossa essência”, conclui.

Já para Rogério Gandra, diretor executivo do Colégio, o mais relevante foi às provocações relativas ao cenário de muitas novidades. “Acreditamos que a melhor forma de aprender é fazendo, e os espaços Makers chegam no ICJ para somar com força máxima no nosso projeto pedagógico”, afirma. Dessa forma, ele ressalta uma o que o nosso Colégio tem de mais valioso: acreditar na educação como forma de transformação!

   

Reuniões sobre a parceria ICJ e Bernoulli

O Colégio ICJ firmou uma parceria com o Sistema de Ensino Bernoulli com intuito de empreender esforços para atender com qualidade as demandas de nossa época.

A parceria foi apresentada para a comunidade ICJ nos meses de novembro e dezembro de 2018.

Inicialmente, houve uma reunião com os funcionários, na qual foram alinhadas informações, procedimentos e as novidades para o próximo ano. Os professores realizaram, ainda, um treinamento pedagógico voltado para capacitação das equipes com o novo material didático.

As Diretorias de Ensino, Pedagógica e Executiva, juntamente a equipe do Bernoulli, também visitaram as salas do 5º ano ao Ensino Médio e realizaram reuniões com os pais de alunos veteranos e novatos, detalhando a proposta do sistema.

Em todos os momentos, foi destinado um tempo específico para que os presentes pudessem tirar suas dúvidas e suscitar discussões sobre a parceria.

Desde o princípio, o ICJ deixou claro que a mudança traria um aliado reconhecido pela excelência metodológica e sua notória reputação na obtenção de bons resultados, contudo, sem abrir mão da “educação com amor” e do lado humano de afeto e de atenção individualizada que sempre esteve presente no DNA do Colégio.

A Direção do ICJ aproveita a oportunidade para agradecer a presença e participação dos pais e colaboradores, convicta de que as novas propostas estão conectadas com uma linha educacional moderna, que prepara os alunos para os desafios do seu tempo!

Confira as fotos: https://flic.kr/s/aHskKTpcqv

Parceria ICJ & Sistema de Ensino Bernoulli

Com uma história de 57 anos de sucesso, o Colégio ICJ sempre esteve atento às novas tendências e demandas da sociedade moderna. Bons exemplos são expressos na utilização da plataforma Pense Matemática, do Programa de Educação Bilíngue e da Robótica implantada na grade curricular dos alunos dos ensinos Fundamental e Médio.

Agora, o Colégio ICJ vai além e agrega aos seus valores e tradições a expertise de um dos maiores grupos educacionais do país – o Sistema de Ensino Bernoulli. Em 2019, disponibilizará para os alunos – da Educação Infantil ao Ensino Médio – os livros, a plataforma digital e os simulados ENEM (EM) em seu cotidiano escolar.

Sem abrir mão de seu DNA, o lado humano de afeto e de atenção individualizada, o ICJ avança em sua visão de ser um ambiente educacional referência no Estado de Minas Gerais. Aliado a um material didático de última geração, reconhecido pela excelência metodológica e sua notória reputação na obtenção de bons resultados, o Colégio segue na busca constante pela excelência no serviço prestado.

 

FAQ – PERGUNTAS FREQUENTES:

O Colégio ICJ vai virar Colégio Bernoulli?

Não.

O ICJ mantém sua tradição de 57 anos oferecendo uma educação de qualidade com os mesmos princípios da ética, da moral e dos valores humanos, contribuindo para uma formação integral do indivíduo e pensando na sociedade em que vivemos.

Para o próximo ano estamos adotando um novo material didático, o Sistema de Ensino Bernoulli, com o objetivo de agregar mais qualidade ao nosso Colégio – livros e recursos digitais com conteúdos totalmente integrados.  O que já era bom estará ainda melhor em 2019.

A mudança no material didático vem atender às necessidades de adequação da nossa proposta pedagógica às recentes alterações exigidas pela Base Nacional Comum Curricular – BNCC.

 

O que é um Sistema de Ensino e por que adotá-lo?

Um material didático de qualidade não é simplesmente um conjunto de bons livros. Quando se trabalha com livros de editora cada autor escreve de acordo com suas próprias formas de ensinar. Ao misturar essas diferentes abordagens, o processo de aprendizagem pode ser mais difícil do que precisa ser.

O material didático do Sistema de Ensino é desenvolvido com uma lógica na evolução do aprendizado do aluno, que foi pensada para ser trabalhada em cada etapa/série de maneira progressiva.

Um Sistema de Ensino entrega não apenas um material didático com abordagem pedagógica coerente, mas também a formação necessária para que o corpo docente possa trabalhar os conteúdos do material respeitando os princípios e o currículo proposto pela escola.

 

Quem é o Bernoulli Sistema de Ensino?

O Bernoulli surgiu em 2000 com uma visão clara: oferecer ensino de qualidade combinando conhecimento e uma formação cidadã para seus alunos. E foi justamente esse objetivo bem definido que os transformou em um dos principais grupos educacionais do país.

1º lugar do Brasil no Enem* por cinco anos consecutivos, o Bernoulli tem mais de 400 escolas parceiras em todo o Brasil. São mais de 80.000 alunos estudando todos os dias com as suas soluções educacionais, que vão da Educação Infantil até o Pré-vestibular.

O Sistema de Ensino Bernoulli tem por crença a formação de cidadãos com pensamento crítico, que desenvolvem o prazer por estudar, investigar e aprender coisas novas. Uma trajetória pedagógica pensada para cada fase da vida escolar das crianças e dos jovens, que equilibra formação humana e acadêmica, estimulado a vontade de aprender.

* Entre as escolas com mais de 60 alunos participantes.

Fonte: INEP – Enem 2017

 

O que o Sistema de Ensino Bernoulli agrega ao ICJ?

O Bernoulli Sistema de Ensino desenvolve soluções educacionais de excelência, capazes de facilitar a vida dos pais e dos alunos e gerar resultados para a vida toda.

Com um material já atualizado em acordo com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), oferece livros e soluções digitais integradas, que utilizam tecnologias atuais e experiência para criar uma aprendizagem fluída e consistente. Uma experiência que vai além da sala de aula, desenvolvendo a autonomia dos alunos e ajudando a desenvolver competências e habilidades para uma formação integral.

Oferece ainda assessoria educacional desde o primeiro momento da parceria, com atendimento constante através de um consultor pedagógico que visita o Colégio ICJ, realiza capacitações e auxilia em quaisquer dúvidas relativas ao uso da solução didática adotada.

As ações de formação continuada incluem, além da presença do consultor pedagógico, uma série de eventos pedagógico e de gestão, permitindo uma evolução segura e permanente dos profissionais da escola, sempre objetivando a melhoria continua dos resultados.

 

Por que o Sistema de Ensino Bernoulli?

O Colégio ICJ sempre esteve atento às tendências educacionais e às mudanças do mercado de trabalho para manter sua proposta pedagógica alinhada às perspectivas das novas gerações.

Assim, o Colégio ICJ buscou as opções editoriais disponíveis no mercado que pudessem trazer os melhores resultados no processo de ensino-aprendizagem, e, principalmente, que estivessem atualizadas e sintonizadas com as novas demandas da Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

Após a análise de diversos materiais e empresas, a opção pelo Sistema de Ensino Bernoulli foi definida por sua notória reputação na obtenção de bons resultados; por ser um material que já está alinhado ao projeto político-pedagógico do Colégio ICJ e que está em constante atualização conforme as exigências legais.

 

Qual a diferença entre o Colégio Bernoulli e o Sistema de Ensino Bernoulli?

O Sistema de Ensino Bernoulli é uma das empresas do Grupo Bernoulli, responsável pela criação e produção do material didático utilizado pelo Colégio Bernoulli. Esse material é o mesmo que será adotado pelo Colégio ICJ a partir de 2019.

 

O Colégio ICJ vai seguir a mesma proposta do Colégio Bernoulli?

Não.

O Colégio ICJ manterá a sua proposta de EDUCAÇÃO COM AMOR, a sua missão e os seus valores e princípios, que fizeram parte dos seus 57 anos de história.

 

O Colégio ICJ terá novos gestores?

Não.

O Colégio ICJ não foi vendido ou arrendado para outra pessoa e/ou instituição de ensino. O legado da fundadora do Instituto Coração de Jesus, a educadora Elza Gonçalves Fabel,  permanece sendo propriedade e administrado pelos três irmãos e sócios Ademar José Fabel, Diretor Administrativo; José Eduardo Fabel, Diretor Financeiro; e Maria Christina Fabel Gontijo, Diretora de Ensino.

 

O Colégio ICJ vai ficar mais apertado?

Vai ficar diferente.

O novo material didático do Sistema de Ensino Bernoulli propõe uma nova forma de ensinar e de estudar, diferente da proposta dos livros didáticos.

 

A mensalidade do Colégio ICJ sofrerá aumento devido à nova parceria?

Não.

A parceria com o Sistema de Ensino Bernoulli e a adoção de novo material didático-pedagógico  pelo Colégio ICJ não terá impacto sobre as mensalidades escolares, que serão mantidas nos mesmos patamares  anteriores. Apenas o reajuste anual está previsto para 2019.

 

Onde será vendido o novo material didático do Sistema de Ensino Bernoulli?

Apenas na Livraria Coração de Jesus, para os alunos regularmente matriculados no Colégio ICJ.

Todo o material produzido pelo Sistema de Ensino Bernoulli é controlado por códigos e entregue diretamente na escola parceira para revenda. A liberação desses códigos é que dão o acesso aos conteúdos da plataforma digital.

Em breve o Colégio ICJ irá disponibilizar as listas de material escolar 2019, já com a inclusão do novo material didático do Sistema de Ensino Bernoulli.

A Livraria Coração de Jesus continuará a oferecer planos e condições especiais de pagamento.

 

A lista de material didático do Colégio ICJ vai ficar mais cara?

Não.

O material didático do Sistema de Ensino Bernoulli tem o preço similar aos livros didáticos adotados anteriormente pelo Colégio ICJ.

 

As provas do Colégio ICJ serão as mesmas do Colégio Bernoulli?

Não.

Todas as provas e atividades avaliativas continuarão a ser desenvolvidas pela equipe de professores, com a supervisão da direção e coordenação pedagógica do Colégio ICJ.

 

Haverá alteração na carga-horária em 2019?

Sim.

Apenas no Ensino Fundamental I – 1º ao 5º ano – será acrescido 1 módulo/aula de 50 minutos por dia, totalizando 25 módulos por semana.

A alteração foi necessária para atender aos princípios pedagógicos da BNCC, onde todas as habilidades e competências são desenvolvidas concomitantemente com os conteúdos curriculares.

Em 2019 as aulas do Ensino Fundamental I serão realizadas nos seguintes horários:

Turno da manhã: das 7h10 às 11h40

Turno da tarde: das 13h30 às 18h

 

O Programa Pense Matemática vai acabar?

Não.

O Programa Pense Matemática será mantido como a ferramenta de auxilio na elaboração do raciocínio lógico-matemático, dentro das aulas de Matemática, do 1º período da Educação Infantil ao 8º ano do Ensino Fundamental.

 

O Projeto da Robótica vai acabar?

Não.

O Colégio ICJ vai manter a Robótica da mesma forma, do 9º ano do Ensino Fundamental ao 2º ano do Ensino Médio; assim como a participação das equipes nos diversos campeonatos da área.

 

Os projetos Institucionais e de Mediação de Aprendizagem do Colégio ICJ vão acabar?

Não.

O Colégio ICJ irá manter todos os projetos de sucesso implantados e que já fazem parte da proposta pedagógica.

 

O Programa de Educação Bilíngue do Colégio ICJ vai acabar?

Não.

O Programa de Educação Bilíngue do Colégio ICJ será mantido, havendo apenas alteração no material didático.

 

Vai mudar a forma de distribuição de pontos do Colégio ICJ?

Não.

O sistema avaliativo e de notas permanece inalterado.

 

Vão mudar os professores do Colégio ICJ?

Não.

A pesquisa de satisfação (desenvolvida por empresa especializada) respondida pelos pais e alunos retornou uma grande satisfação com o quadro docente do Colégio ICJ.

A adoção do novo material didático do Sistema de Ensino Bernoulli não implica a necessidade de alteração da equipe docente. No entanto, a mesma passará por um treinamento para capacitação e melhor adequação do trabalho a ser desenvolvido a partir de 2019.