Fazer o bem faz bem!

A Campanha do Outubro Rosa é um movimento social internacional de conscientização para o controle do câncer de mama. Foi criado em 1990 e é celebrado anualmente com o objetivo de compartilhar informações e promover a conscientização sobre a doença.

O Colégio ICJ, seguindo suas diretrizes de responsabilidade social, promove uma campanha interna para recolher, durante todo o mês de outubro, lenços, bonés, boinas, gorros e chapéus, para doar a mulheres e crianças em tratamento de câncer.  A instituição beneficiada será o Hospital Borges da Costa, do Complexo Hospital das Clínicas UFMG. As doações poderão ser feitas na recepção do colégio até dia 31 de outubro. Que tal participar desse ato de solidariedade?

58 anos de muita educação com amor

Hoje é um dia muito especial! O Colégio ICJ completa 58 anos e quer compartilhar com você tudo o que foi construído ao longo de todo esse tempo, especialmente nos últimos anos. Desde a sua fundação em 1961, com Dona Elza Fabel, o Colégio segue com sua a missão de proporcionar uma educação com amor. E nada melhor do que compartilhar e agradecer a você que faz parte da nossa história.

Perto de completar 60 anos, mantem-se firme nas suas ideias iniciais, de contribuir para a formação integral do indivíduo e no aperfeiçoamento da sociedade em que vive, por meio do incentivo à pesquisa e aos valores humanos, éticos e morais. Ainda assim, é uma instituição que entende a importância da reinvenção e, então, consegue unir a tradição à inovação.

A mais recente mudança é a parceria com o Sistema Bernoulli de Ensino. Essa alteração partiu do princípio de que é preciso ir em busca de adaptações que se adequem aos anseios da sociedade moderna e também às novas exigências da Base Nacional Comum Curricular – BNCC. Mas, é importante destacar, que o Colégio ICJ permanece com seus princípios e valores, já que é aquilo que nos move e nos diferencia.

A inserção das atividades de robótica na grade curricular foi outro marco importante na história. As novas tecnologias pedagógicas auxiliam os alunos na compreensão dos conteúdos lógico-matemáticos e de física, assim como na compreensão de mundo. A criação de um novo e moderno laboratório de inovação, propiciou a integração de todas as atividades relacionadas a estes conhecimentos, juntamente com as aulas de informática e o acesso às plataformas Pense Matemática e Meu Bernoulli.

O Colégio ICJ foi um dos primeiros, na capital mineira, a implementar seu próprio Programa de Educação Bilíngue, desde a educação infantil. A implantação está ocorrendo de forma gradativa, com o objetivo de oferecer aos alunos altos níveis de proficiência na língua inglesa, por meio de uma abordagem baseada na aprendizagem de conteúdos.

Outro fator que diferencia o Colégio ICJ no mercado educacional é a importância dada nas relações próximas às famílias dos alunos. Exemplo disso foi a pesquisa de satisfação realizada em 2018, que buscou apurar e entender quais as necessidades que a comunidade escolar possuía e as melhorias desejadas. Após a aplicação de vários questionários e apuração de resultados, foi traçado um plano de ação que concretiza os objetivos.

A nova logomarca do Colégio faz parte de toda essa reestruturação. Foi necessário sinalizar para o mercado, através de uma nova identidade visual,  essa nova etapa da história da escola, que se moderniza sem perder as suas características essenciais, que fazem parte do seu DNA, e foram constituídas desde a sua fundação, com o lema “Educação com Amor”.

A sua trajetória é marcada pela formação de indivíduos éticos e com a competência necessária para construir uma sociedade mais justa, humana e fraterna. O Colégio ICJ sabe e reconhece que só é possível construir uma história assim, com a parceria de pessoas incríveis que já estiveram e outras que estão ao nosso lado: pais, alunos, funcionários, professores e parceiros. A todos, o nosso mais sincero agradecimento!

Colégio ICJ e a valorização à vida

Na última terça feira, dia 24 de setembro, o Colégio ICJ promoveu um intervalo um pouco diferente. Pensando no setembro amarelo e na importância de se entender sobre a prevenção ao suicídio e a valorização à vida, foi colocado um mural nas dependências da escola para que os alunos pudessem deixar uma mensagem de motivação e alegria, para todos aqueles que por ali passarem.

Além disso, foi entregue a cada aluno uma fita amarela para simbolizar esse momento. O Colégio ICJ entende que pequenos gestos como esse são importantes para trazer ainda mais consciência aos estudantes e fazê-los entender que a vida precisa ser valorizada, não apenas no mês de setembro, mas durante todo o ano.

Para saber mais sobre o que aconteceu durante o intervalo, acesse nosso Flickr:

2e854652-925b-497f-98ef-3ea20e1dd626

Colégio ICJ e a sustentabilidade

Você já ouviu falar no conceito de Fazendas Solares? São lotes de placas solares que geram energia elétrica a partir do sol, com o objetivo de, entre outras coisas, economizar na conta de luz. As Fazendas Solares funcionam da seguinte maneira: a energia limpa, gerada pelo painel fotovoltaico, entra na rede da concessionária e os créditos de compensação voltam como desconto na conta de luz.

O Colégio ICJ, preocupado com a questão da sustentabilidade, faz parte das empresas que possuem contrato com uma Fazenda Solar, a Órigo Energia, uma das pioneiras no Brasil no mercado de painéis fotovoltaicos. Localizada no norte de Minas Gerais, na cidade de João Pinheiro, a Órigo atende pequenas e grandes empresas que se interessam por uma energia limpa e renovável. Além disso, outro benefício é a questão da liberdade de escolher a origem da energia utilizada, a inovação do projeto e, claro, a economia na conta de luz, que pode chegar até 15% ao mês.

O número de Fazendas Solares cresce a cada dia. “O Colégio tem uma conta de energia alta e quando veio a ideia da Fazenda Solar com uma geração de energia limpa e com uma redução na conta, sem obras e investimentos pesados, fechamos a parceria com a Órigo, sendo que com a economia podemos investir mais no nosso negócio, que é a Educação.”, diz Rogério Gandra, diretor executivo do Colégio ICJ.

O Colégio ICJ reitera sua preocupação com a sustentabilidade e faz questão de participar de projetos que ajudem o meio ambiente, para um futuro melhor.

Setembro Amarelo e a importância social

O Setembro Amarelo é uma campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio e foi criado com a proposta de associar a cor ao mês que marca o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio, dia 10 de setembro. É importante que o tema seja cada vez mais discutido, principalmente em escolas, para que os alunos entendam do que se trata, discutam sobre o assunto e valorizem a vida.

O Colégio ICJ, com sua educação com amor, entende a importância e necessidade de colocar o tema em pauta, orientando os alunos a apoiarem quem estiver nesta situação e indicando que há ajuda médica para quem precisa. É importante ressaltar que a campanha acontece no mês de setembro, mas falar sobre prevenção do suicídio é fundamental durante todo o ano.

Projeto Solidário do Ensino Fundamental II

No dia 21/11, os alunos do 7º e 8º anos, junto com o Clube da Leitura, fizeram mais uma das tradicionais visitas sociais do Projeto Solidário do Ensino Fundamental II na disciplina de Formação Humana.

A instituição atendida foi a Casa de Apoio Beatriz Ferraz, do Instituto Mario Penna. Situado no bairro Santa Tereza, a instituição de saúde é filantrópica, especializada em tratamentos contra o câncer e responsável por atender 70% dos novos casos de BH e região metropolitana e mais de 20% dos novos casos de todo o estado de Minas Gerais.

A escolha do local foi motivada pela parceria com o Projeto Rapunzel, de apoio a crianças e adolescentes com câncer. O dinheiro arrecadado com os lacres de latinhas recolhidos na escola, junto a verba das vendas do cachorro-quente na festa junina, possibilitou que os alunos comprassem donativos e presentes que foram doados à Casa.

E assim, ajudando a quem precisa, os estudantes cumpriram esse lindo ato!

Projeto Nossa Gente de Minas

Entre os dias 04 e 06 de setembro, alunos do 2º ano do Ensino Médio realizaram o projeto Nossa Gente de Minas na cidade de Bom Jesus do Amparo, em Minas Gerais.

Na região, os jovens desenvolveram atividades em prol de comunidades carentes e desenvolveram “in loco” questões éticas, ambientais, políticas e sociais.

Eles ministraram oficinas educativas para crianças e adolescentes, apresentaram uma peça de teatro nas escolas públicas, visitaram os moradores locais e distribuíram cestas básicas montadas com os alimentos arrecadados na Festa Junina do Colégio.

A equipe do Colégio foi muito bem recepcionada e, inclusive, recebeu uma homenagem por parte da Prefeitura de Bom Jesus do Amparo em função da ação desenvolvida no município mineiro!

Durante a viagem, os alunos também compartilharam momentos de diversão nos espaços de lazer do Hotel Fazenda Free Time, onde ficaram hospedados juntamente com o Diretor Administrativo Ademar Fabel, a coordenação pedagógica e professores.

Todos voltaram muito alegres do passeio e, principalmente, orgulhosos do ato solidário praticado! Com certeza, foi uma experiência muito marcante!!!

Confira as fotos: https://www.flickr.com/gp/colegioicj/P3a62G

Visita ao Lar de Idosos

No dia 22/09, sexta-feira, alunos do Fundamental II que cursam a disciplina de Formação Humana e integrantes do Projeto Clube da Leitura ICJ realizaram uma visita ao Lar dos Idosos Clotilde Martins, uma associação beneficente, caritativa e de assistência social, situada no bairro Salgado Filho.

Os estudantes desenvolveram diversas atividades lúdicas que animaram os idosos, incluindo um divertido jogo de bingo do qual participaram duplas formadas por alunos e idosos, sendo os vencedores de cada rodada premiados com brindes.

A bibliotecária do ICJ, Mônica Souza, uma das responsáveis pelo Clube da Leitura, participou de um momento musical que embalou a tarde dos idosos, estimulando alguns a se levantarem e dançarem ao ritmo de belas canções. Ela também esteve à frente de uma criativa contação de história que envolveu e encantou os idosos!

Ademais, com o dinheiro arrecadado com a venda do cachorro-quente na festa junina deste ano, os alunos puderam organizar um delicioso lanche coletivo, bem como realizar a doação de sabonetes e barrinhas de cereal diets, entregues em kits individuais aos idosos, e de 20 pacotes grandes de fraldas geriátricas.

Essa foi uma ação solidária que mobilizou os alunos e despertou em cada um o espírito de benevolência, propiciando que espalhassem muitos sorrisos por onde passaram.

Confira a galeria de fotos em: https://www.flickr.com/gp/[email protected]/UR5Cj9