O maker e o protagonismo juvenil!

Que a Robótica entrou na nossa grade curricular pra ficar já é fato! A grande novidade, no 6º, 7º e 8º ano, é uma espécie de “TCC” que os estudantes tiveram que desenvolver para concluir a disciplina. Os alunos, em grupos, tiveram a opção de criar um protótipo físico ou um jogo digital, colocando em prática conceitos apreendidos durante o ano. O trabalho foi desenvolvido em sala, no horário de aula. Apenas na ultima semana os alunos puderam levar para a casa e fazer os ajustes finais.

Para Pablo, professor de Robótica, o objetivo principal foi estimular a criatividade dos alunos, juntamente com a capacidade de compreensão da aplicabilidade de conceitos tecnológicos. “Para tornar o trabalho mais estimulante para os alunos, além da minha avaliação, levei para a comissão avaliadora um estudante de Engenharia Civil (Gabriel Moraes), uma estudante de Controle e Automação (Jade), um estudante de Ciências da Computação (Guilherme Cosso) e a diretora pedagógica da escola (Aparecida Nicolai)”, conclui.

Entre os projetos, se destacam uma casa modelada e impressa na impressora 3D, uma mão robótica que movia os dedos com a utilização de uma bateria e ainda um aspirador de pó. Todos esses trabalhos foram desenvolvidos do zero.

Confira todas as fotos no nosso Flickr:

1dac244f-7d6e-4df4-9bf9-9ee75fad4374

As equipes de robótica e suas conquistas

Jade Rezende, ex-aluna do Colégio ICJ e atual instrutora de Robótica e Gabriel Morais, ex-aluno do Colégio, participaram da etapa estadual do Torneio Juvenil de Robótica, em Patrocínio, e tiveram várias conquistas. No evento realizado pela Robô Cerrado, uma equipe do IF da cidade, Jade e Gabriel ficaram em primeiro lugar nas modalidades “Resgate no Plano” e “Resgate de Alto Risco” e na modalidade “Dirigibilidade de Drones” ficaram em segundo lugar.

Estamos cada vez mais orgulhosos com as equipes de robótica do colégio, quem vêm ganhando vários torneios e dando muita alegria a todos nós. Além disso, estamos felizes em ver que ex-alunos, como o Gabriel, continuam fazendo parte de toda essa história.

Para ficar por dentro de tudo o que aconteceu durante o Torneio, acesse o link:

f687ea97-07a0-4ca5-a892-60cffa318986

Alunos voltam da etapa nacional da OBR com muitas conquistas

Os alunos que participaram da etapa nacional da Olimpíada Brasileira de Robótica, no Rio Grande do Sul, chegaram com muitas novidades e vitórias. A OBR, como é conhecida, ocorreu durante toda uma semana e teve participantes de todo o Brasil.

Yasmin Fontoura, Gabriel Lucas, Mateus Assis e Ronald Rodrigues, do 8º ano, Sofia Albuquerque, do 2º ano do Ensino Médio e Alice Campos, do 3º ano do Ensino Médio foram à competição representando duas equipes do Colégio ICJ, The Life Project Jr 1 e Equipe Two. Entusiasmados com os resultados e a viagem, os alunos contam que foi uma experiência incrível e que querem participar outras vezes, trazendo novas vitórias.

O 6º lugar do nível em que participaram ficou com a equipe The Life Project Jr 1, que conquistou, também, o 1º lugar no desafio relâmpago lançado durante a competição, o Super Team. Nesta última modalidade a equipe precisou se relacionar com uma outra equipe para programar um resgate de robôs, com circuitos.

“O resultado veio mediante tamanho esforço dos meninos, desde o começo das atividades em março. Então todo esse trabalho agora deu um resultado e passaram a ter a noção do que é trabalhar duro para alcançar o objetivo”, comenta Pablo Carvalho, técnico que acompanhou os estudantes em toda a trajetória. Além dele, Jade Rezende, que também já participou de competições passadas como aluna, em 2019 foi para o OBR como técnica. Para ela, são duas experiências totalmente diferentes, com responsabilidades diferentes: “É muito bom ver neles o resultado que a gente espera. Eles aprendem muito, crescem bastante com isso e veem o trabalho deles sendo reconhecido. Pra gente, como técnico, também é bacana, vendo o trabalho deles tendo frutos e resultados”.

Para ver as fotos de toda a viagem e da competição, acesse o Flickr do Colégio:

0bcd6c90-175b-4652-b7d2-77ab5654087e

 

Colégio ICJ na etapa estadual da OBR

No último sábado, dia 14 de setembro, os alunos do Colégio ICJ participaram da etapa estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica, em Divinópolis. Os participantes do time The Life project Jr ficaram em segundo lugar, The Life project Jr 2 em quarto lugar (competindo pelo nível 1). Já para o nível 2, os integrantes do time Two ficaram em segundo lugar e o time The life Project receberam o nono lugar. O Colégio ICJ parabeniza todos os participantes.

Tradição na Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR)

Nos dias 24 e 25 desse mês aconteceu a etapa regional da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR) em Divinópolis. O Colégio ICJ marcou presença e saiu vitorioso nos dois níveis da competição. Isso porque existe uma intensa imersão dos alunos nas práticas de Robótica a partir do 5º ano desde 2013 no colégio.

De maneira geral, esses resultados expressivos, como podem ser vistos a seguir, são frutos de uma intencionalidade pedagógica que visa à aprendizagem efetiva dos alunos. A abstração dos conteúdos de física e matemática é resolvida com as práticas da Robótica, que trazem significado para o aluno, facilitando a compreensão e mostrando a aplicabilidade no cotidiano. Portanto, a Robótica vem como uma alternativa inovadora para alcançar o campo do tangível colocando conceitos científicos em prática.

E é exatamente nessa educação que nós acreditamos. Queremos que os nossos alunos estejam preparados para compreender o mundo de forma ampla e plural! O Colégio ICJ parabeniza a todos que participaram e deram seu melhor. Ficamos orgulhosos por cada um de vocês nos representaram tão bem.

Confira a colocação dos classificados para a etapa estadual:

Nível 1:

1º lugar – The Life Project Júnior 1
3º lugar – The Life Project Júnior 2

4º lugar – Walle

 

Nível 2:

1º lugar – The Life Project
2º lugar – Two
3º lugar – Wolf Pack

Confira a galeria de fotos no nosso Flickr:

WSIB7327

Robótica do ICJ de olho na indústria

Visando aproximar a prática da robótica laboratorial com a aplicabilidade na indústria, o professor que leciona a disciplina, Pablo Carvalho, fez uma visita à Comau (empresa especializada em automação industrial). O convite foi feito por um ex-aluno e atualmente pai de dois estudantes do Colégio, Delmer Aguiar Cesário.

Por meio desse primeiro contato, o professor Pablo estreitou o relacionamento entre a Robótica do Colégio ICJ com a Comau. Futuramente, um grupo de alunos também irá visitar a empresa e, posteriormente, será feita uma atividade na escola com a equipe da instituição.

Agradecimento aos monitores de Robótica

Na II Mostra de Ciências e Tecnologia do Ensino Fundamental I, o monitor da equipe de Robótica do ICJ e alguns integrantes da equipe The Life Project auxiliaram uma das turmas de 5º ano a desenvolver o projeto “Energia em movimento”, que abordava temáticas ministradas na disciplina em questão.

Como forma de agradecimento, a professora de Matemática Renata Prado e seus alunos entregaram aos auxiliares um certificado de participação no evento e um presentinho especial!

Confira o recado enviado por Renata e pela turma aos meninos da Robótica:

Em todas as vitórias, em todas as conquistas, o reconhecimento daqueles que nos levaram ao sucesso é muito importante.

E, pensando assim, os alunos do 5º ano B agradecem seus monitores da equipe The Life Project (Robótica ICJ), por tanto conhecimento adquirido durante a preparação e a realização da II Mostra de Ciências e Tecnologia.

Robótica ICJ na etapa nacional da OBR

Com muito empenho e confiança, alunos da Robótica ICJ participam de campeonatos externos na área e trazem ao Colégio um enorme orgulho.

Na etapa estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica, por exemplo, a equipe “The HAC” alcançou uma incrível colocação que garantiu sua classificação para fase nacional da competição.

E foi com muito entusiasmo que os alunos Henrique Pereira Cristófaro, Alexandre Junio Moreira Costa e Guilherme Cosso Lima Pimenta, do 3º ano do Ensino Médio, seguiram para o desafio, realizado entre os dias 06 e 09/11, em João Pessoa.

A possibilidade de participarem deste evento de grande porte foi, de acordo com Alexandre, a realização de um sonho; uma “superação”, como descreve Ana Carla Cosso, mãe do Guilherme.

A preparação da equipe foi intensa e tornou evidente a dedicação dos estudantes por estarem fazendo algo de que gostam. Levantando cedo em pleno feriado, entrando na escola de manhã e saindo só de noite, os meninos alinharam todos os detalhes do projeto.

Até que enfim chegou o dia! Após um longo período de testes e atividades, a equipe do ICJ finalizou a olimpíada em 35º lugar entre as 18.000 equipes do Brasil!

Com essa vivência, o grupo e o ICJ saem vitoriosos. “Eles ganharam com certeza, não a medalha de primeiro lugar, mas a experiência de participar de uma competição nacional, trabalhar em equipe para atingir o mesmo objetivo, isso ficará com eles para sempre!”, relata Édina Cristófaro, mãe do Henrique.

O pai do aluno, Danilo Cristófaro, complementa que “a união do grupo em torno de uma causa, o trabalho em equipe, o apoio da escola e o desenvolvimento de habilidades no tratar das relações interpessoais fizeram com que cada aluno saísse dessa competição tendo vivido uma grande experiência de aprendizagem e de vida”.

Esse sentimento também é compartilhado pelo grupo. Guilherme cita que na Robótica do Colégio pôde fazer novas amizades e entender o verdadeiro significado de trabalho em equipe, enquanto Henrique afirma que pela primeira vez soube realmente como é fazer parte de uma equipe.

Os alunos também ganharam em outros aspectos: tiveram um maior envolvimento com os estudos e um maior desenvolvimento acadêmico.

Nesse sentido, Rafael Morais, pai do aluno e auxiliar Gabriel Morais, constata que a Robótica torna-se uma “matéria essencial na grade curricular da escola, pois incentiva o aprendizado de matemática, física, língua inglesa e linguagem de programação”.

Além disso, os garotos puderam ter uma melhor visão dos seus futuros profissionais. Guilherme alega, inclusive, que aprender uma noção básica de programação o auxiliou a definir o seu curso na graduação.

Ele conclui que, agora, compreende o verdadeiro significado da robótica: “’é muito mais que um simples robô que segue linha preta’ é uma forma de você desenvolver o pensamento lógico e o pensamento rápido que são levados para toda sua vida profissional”.

É uma disciplina que viabiliza a atuação do aluno na aplicabilidade dos conhecimentos adquiridos e fomenta a criatividade e o empreendedorismo, auxiliando que os alunos pensem fora da caixa.

Juntamente ao sentimento de saudade, o que fica nos alunos e seus pais é a gratidão ao diretor Ademar, à Coordenadora Júnia e, em especial, ao monitor Pablo, que trabalharam para dar o suporte e apoio necessário aos meninos!

Confira os depoimentos completos e a galeria de fotos.

Aula de Robótica do 6º ano

As turmas de 6º ano do ICJ tiveram uma vivência com a Robótica Educacional ministrada no Colégio para o Ensino Médio.

Reunidos em equipes, os alunos deveriam construir o protótipo de um veículo com o material Lego Education.

Cumprindo o objetivo, os grupos concluíram a montagem do veículo com quatro rodas, eixos dependentes e um motor.

Foi uma atividade dinâmica e desafiadora que contou com muito trabalho colaborativo!

Confira as fotos: https://flic.kr/s/aHsms2wr9K