Colégio ICJ e a valorização à vida

Na última terça feira, dia 24 de setembro, o Colégio ICJ promoveu um intervalo um pouco diferente. Pensando no setembro amarelo e na importância de se entender sobre a prevenção ao suicídio e a valorização à vida, foi colocado um mural nas dependências da escola para que os alunos pudessem deixar uma mensagem de motivação e alegria, para todos aqueles que por ali passarem.

Além disso, foi entregue a cada aluno uma fita amarela para simbolizar esse momento. O Colégio ICJ entende que pequenos gestos como esse são importantes para trazer ainda mais consciência aos estudantes e fazê-los entender que a vida precisa ser valorizada, não apenas no mês de setembro, mas durante todo o ano.

Para saber mais sobre o que aconteceu durante o intervalo, acesse nosso Flickr:

2e854652-925b-497f-98ef-3ea20e1dd626

Colégio ICJ e a sustentabilidade

Você já ouviu falar no conceito de Fazendas Solares? São lotes de placas solares que geram energia elétrica a partir do sol, com o objetivo de, entre outras coisas, economizar na conta de luz. As Fazendas Solares funcionam da seguinte maneira: a energia limpa, gerada pelo painel fotovoltaico, entra na rede da concessionária e os créditos de compensação voltam como desconto na conta de luz.

O Colégio ICJ, preocupado com a questão da sustentabilidade, faz parte das empresas que possuem contrato com uma Fazenda Solar, a Órigo Energia, uma das pioneiras no Brasil no mercado de painéis fotovoltaicos. Localizada no norte de Minas Gerais, na cidade de João Pinheiro, a Órigo atende pequenas e grandes empresas que se interessam por uma energia limpa e renovável. Além disso, outro benefício é a questão da liberdade de escolher a origem da energia utilizada, a inovação do projeto e, claro, a economia na conta de luz, que pode chegar até 15% ao mês.

O número de Fazendas Solares cresce a cada dia. “O Colégio tem uma conta de energia alta e quando veio a ideia da Fazenda Solar com uma geração de energia limpa e com uma redução na conta, sem obras e investimentos pesados, fechamos a parceria com a Órigo, sendo que com a economia podemos investir mais no nosso negócio, que é a Educação.”, diz Rogério Gandra, diretor executivo do Colégio ICJ.

O Colégio ICJ reitera sua preocupação com a sustentabilidade e faz questão de participar de projetos que ajudem o meio ambiente, para um futuro melhor.

Setembro Amarelo e a importância social

O Setembro Amarelo é uma campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio e foi criado com a proposta de associar a cor ao mês que marca o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio, dia 10 de setembro. É importante que o tema seja cada vez mais discutido, principalmente em escolas, para que os alunos entendam do que se trata, discutam sobre o assunto e valorizem a vida.

O Colégio ICJ, com sua educação com amor, entende a importância e necessidade de colocar o tema em pauta, orientando os alunos a apoiarem quem estiver nesta situação e indicando que há ajuda médica para quem precisa. É importante ressaltar que a campanha acontece no mês de setembro, mas falar sobre prevenção do suicídio é fundamental durante todo o ano.

Projeto Solidário do Ensino Fundamental II

No dia 21/11, os alunos do 7º e 8º anos, junto com o Clube da Leitura, fizeram mais uma das tradicionais visitas sociais do Projeto Solidário do Ensino Fundamental II na disciplina de Formação Humana.

A instituição atendida foi a Casa de Apoio Beatriz Ferraz, do Instituto Mario Penna. Situado no bairro Santa Tereza, a instituição de saúde é filantrópica, especializada em tratamentos contra o câncer e responsável por atender 70% dos novos casos de BH e região metropolitana e mais de 20% dos novos casos de todo o estado de Minas Gerais.

A escolha do local foi motivada pela parceria com o Projeto Rapunzel, de apoio a crianças e adolescentes com câncer. O dinheiro arrecadado com os lacres de latinhas recolhidos na escola, junto a verba das vendas do cachorro-quente na festa junina, possibilitou que os alunos comprassem donativos e presentes que foram doados à Casa.

E assim, ajudando a quem precisa, os estudantes cumpriram esse lindo ato!

Projeto Nossa Gente de Minas

Entre os dias 04 e 06 de setembro, alunos do 2º ano do Ensino Médio realizaram o projeto Nossa Gente de Minas na cidade de Bom Jesus do Amparo, em Minas Gerais.

Na região, os jovens desenvolveram atividades em prol de comunidades carentes e desenvolveram “in loco” questões éticas, ambientais, políticas e sociais.

Eles ministraram oficinas educativas para crianças e adolescentes, apresentaram uma peça de teatro nas escolas públicas, visitaram os moradores locais e distribuíram cestas básicas montadas com os alimentos arrecadados na Festa Junina do Colégio.

A equipe do Colégio foi muito bem recepcionada e, inclusive, recebeu uma homenagem por parte da Prefeitura de Bom Jesus do Amparo em função da ação desenvolvida no município mineiro!

Durante a viagem, os alunos também compartilharam momentos de diversão nos espaços de lazer do Hotel Fazenda Free Time, onde ficaram hospedados juntamente com o Diretor Administrativo Ademar Fabel, a coordenação pedagógica e professores.

Todos voltaram muito alegres do passeio e, principalmente, orgulhosos do ato solidário praticado! Com certeza, foi uma experiência muito marcante!!!

Confira as fotos: https://www.flickr.com/gp/colegioicj/P3a62G

Visita ao Lar de Idosos

No dia 22/09, sexta-feira, alunos do Fundamental II que cursam a disciplina de Formação Humana e integrantes do Projeto Clube da Leitura ICJ realizaram uma visita ao Lar dos Idosos Clotilde Martins, uma associação beneficente, caritativa e de assistência social, situada no bairro Salgado Filho.

Os estudantes desenvolveram diversas atividades lúdicas que animaram os idosos, incluindo um divertido jogo de bingo do qual participaram duplas formadas por alunos e idosos, sendo os vencedores de cada rodada premiados com brindes.

A bibliotecária do ICJ, Mônica Souza, uma das responsáveis pelo Clube da Leitura, participou de um momento musical que embalou a tarde dos idosos, estimulando alguns a se levantarem e dançarem ao ritmo de belas canções. Ela também esteve à frente de uma criativa contação de história que envolveu e encantou os idosos!

Ademais, com o dinheiro arrecadado com a venda do cachorro-quente na festa junina deste ano, os alunos puderam organizar um delicioso lanche coletivo, bem como realizar a doação de sabonetes e barrinhas de cereal diets, entregues em kits individuais aos idosos, e de 20 pacotes grandes de fraldas geriátricas.

Essa foi uma ação solidária que mobilizou os alunos e despertou em cada um o espírito de benevolência, propiciando que espalhassem muitos sorrisos por onde passaram.

Confira a galeria de fotos em: https://www.flickr.com/gp/[email protected]/UR5Cj9