Alunos fazem parte da decisão dos novos uniformes do Colégio ICJ

O processo de criação do novo uniforme do Colégio ICJ chegou ao final. Dez estudantes voluntários, do 6º ano ao 2º ano do Ensino Médio, participaram de todo o processo de criação do novo uniforme escolar. Entre eles, estavam presentes os alunos Maria Rita Mendes (7º ano), Paulla Vitoria Ribeiro (7º ano), Luiza Nigri Pérez (7º ano), Pedro Garcia Ribas (9º ano), Júlia Meireles Melgaço (9º ano), Giovana Daldegan (9º ano), Aline Couto Mota (1º ano EM), Giulianna Martins da Gama (1º ano EM), André Leron Gonçalves (2º ano EM) e Raquel Ribeiro (2º ano EM).

Envolvendo-se em diversas reuniões com uma estilista, Andrea Aquino, foram debatidas as possibilidades e modelos mais viáveis e assertivos para a situação. Assuntos como o melhor material a ser utilizado, o que fazer com o uniforme antigo, tendências da moda e a questão da sustentabilidade foram termas discutidos.

Em um primeiro momento, os estudantes compreenderam os fatores importantes para a definição de todo o uniforme a ser utilizado, como o envolvimento da tecnologia no processo da indústria têxtil e a maneira de escolher produtos corretos para evitar a produção excessiva de lixo. Sempre com um diálogo aberto, valorizaram cada etapa do processo e propuseram mudanças que afetarão o dia a dia daqueles que utilizarão a nova coleção.

O Colégio ICJ valoriza o protagonismo estudantil e a cultura maker, e insere os alunos no processo decisório, já que serão diretamente afetados pela escolha final. Os novos uniformes estão sendo pensados com muito carinho e dedicação, principalmente pelos estudantes que se voluntariaram a fazer parte da atividade. Duas coleções foram levadas para votação entre os alunos e os novos uniformes foram definidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *