Canal The Life Project no Youtube

Um dos desdobramentos da startup The Life Project, criada por alunos do ICJ, é um canal no Youtube comandado por Gabriel Morais e Marcelo Vasconcelos, dois dos fundadores da empresa.

Os meninos se propuseram a gravar vídeos nos quais abordam assuntos que estão sendo discutidos em sala de aula. O objetivo é contextualizar a matéria ministrada pelo professor, explicando suas aplicações práticas.

Dessa forma, criam maior empatia dos estudantes com a disciplina, promovendo o aprendizado de forma mais fácil e dinâmica.

O vídeo abaixo, primeiro vídeo produzido pela dupla, fornece apoio às aulas de Matemática da professora Sônia Carla. O tema discutido é corrida de arrancada, com foco nos dragsters. O próximo vídeo será sobre braço robótico. Já estamos ansiosos!!!

Startup de alunos do ICJ

Em fevereiro de 2016, alunos do ICJ fundaram a The Life Project – Soluções Tecnológicas, uma startup com foco em tecnologia voltada para o segmento esportivo.

Tudo começou no final de 2015, quando os estudantes buscavam formas de arrecadar verba para darem continuidade a seus projetos de robótica, tornando-os economicamente viáveis.

Depois de cogitarem diferentes possibilidades, chegaram à ideia de estruturarem uma startup. Como o grupo já tinha um profundo interesse por robótica e um dos alunos praticava Taekwondo, eles pensaram em uma empresa que atendesse o segmento esportivo.

Aprofundando os estudos na área, constataram que as câmeras utilizadas em eventos esportivos não capturavam certos ângulos importantes para auxílio do juiz em suas decisões.

Unindo a necessidade financeira com a capacidade técnica que possuíam, Caio Simões, Gabriel Morais e Marcelo Vasconcelos, então no 1º ano do Ensino Médio, e Jade Rezende, no 2º ano do Ensino Médio, colocaram em prática a ideia de otimizar o sistema existente.

Jade relata que tiveram todo o suporte operacional do Colégio para tirarem o projeto do papel. “Durante o processo, o orientador [Pablo Carvalho] e a escola nos apoiaram totalmente, cedendo o espaço, materiais e auxiliando em questões técnicas”, ressalta.

O primeiro produto da startup foi um tripé, acionado remotamente, via bluetooth, para um sistema de vídeo replay utilizado em competições. Os alunos apresentaram, inicialmente, a solução para duas das quatro principais entidades Federativas de Taekwondo do estado e o retorno foi tão positivo que o dispositivo já foi usado em 8 competições em 2016 e 6 em 2017.

O grupo segue com o negócio e vem desenvolvendo um novo sistema com o lucro obtido até então. O objetivo é que o dispositivo auxilie juízes em partidas de vôlei de areia a identificar com precisão se a bola passou pela linha central do campo. Com previsão de lançamento para outubro deste ano, o produto promete ser um sucesso e impulsionar ainda mais a startup!

ICJ no Torneio de Robótica

Nos dias 27 e 28 de maio equipes do nono ano e do ensino médio participaram da etapa regional do torneio no Torneio Juvenil de Robótica (TJR), que é um dos maiores eventos gratuitos de robótica da América Latina. O TJR ocorre desde 2009 e destina-se a difundir a robótica no ambiente escolar da Educação Básica até a Educação Superior.

A competição consiste na realização de diversos desafios, elaborados com a intenção de incentivar o estudo e desenvolvimento da robótica para robôs autônomos. As equipes que alcançam as melhores colocações são convidadas para etapa nacional.

O resultado das regionais de 2017 não poderia nos trazer mais orgulho: nossas equipes ganharam primeiro, segundo e terceiro lugares entre quatro categorias! Com isso, o ICJ se classificou para fase final, que acontecerá nos dias 25 e 26 de novembro, em São Luís do Maranhão.

Boa sorte na próxima etapa, meninos! Estaremos torcendo por vocês!

Confiram a galeria de fotos completa em: https://flic.kr/s/aHskX2tMTu