Aulas virtuais: uma nova maneira de aprendizado

A pandemia do novo coronavírus fez com que as escolas se adaptassem a uma nova realidade, com atividades não presenciais e mediadas por recursos tecnológicos. Os desafios são grandes para todos os envolvidos – educadores, alunos e suas famílias.

A adaptação exige de todos muita competência, organização e resiliência. Entende-se que as atividades não presenciais não devem ser comparadas ao ambiente presencial, mas cumprem o objetivo de não paralisar os estudos e dar continuidade ao processo de ensino aprendizagem dos alunos mantendo-os em contato diário com objetos de estudo. 

Para atender às novas necessidades de ensino remoto, o Colégio ICJ criou a Central de Monitoramento das Atividades Não Presenciais, coordenada por profissionais de TI e TE, para organizar e administrar todo planejamento pedagógico e acompanhar em tempo real as aulas do Ensino Fundamental e Ensino Médio, assim como as videoconferências da Educação Infantil, reunião de professores, lives com profissionais, treinamentos virtuais e muito mais! 

A Plataforma Zoom Educação é um ambiente virtual de videoconferências com diversas funcionalidades, como compartilhamento de tela, gravação de webinars e upload de reuniões na nuvem, além de oferecer um alto grau de segurança. A equipe técnica e docente recebeu treinamentos e tem apoio e suporte diário no uso da plataforma.

Manter os alunos motivados e engajados sempre foi um desafio, mesmo no ambiente presencial. Nesta nova fase o desafio é ainda maior, já que a interação entre professor e aluno está mediada por um dispositivo eletrônico. Assim, o colégio disponibiliza um cronograma semanal com horários específicos de aulas e atividades diversas para os alunos, além de tutorial para a utilização das ferramentas. Dessa forma, os estudantes conseguem organizar sua rotina escolar diária e tornam-se mais ativos e engajados.

Na Educação Infantil, optou-se pelo encontro semanal da professora com os alunos, para alimentar os laços de carinho e amizade entre eles e para a manutenção do contato com os colegas. Há também o envio de uma programação diária de atividades que os pais podem realizar com as crianças utilizando os livros, vídeos da plataforma Meu Bernoulli, contação de histórias e outras atividades, para que também esse grupo de alunos não perca os conhecimentos já adquiridos. 

Mesmo com todos os desafios que o ambiente não presencial possui, é possível identificar pontos positivos neste modelo. A tecnologia tem auxiliado na aproximação dos alunos e suas famílias com os educadores, em tempos de isolamento social. Os instrumentos pedagógicos/avaliativos passam a ter um caráter muito mais formativo que qualitativo considerado a participação, interesse e envolvimento do aluno, do que somativo e possibilidade de flexibilização dos horários de estudo.

Todo o empenho e esforço da equipe pedagógica está voltada para o desenvolvimento de estratégias educativas que buscam trazer mais organização e tranquilidade e menos prejuízos pedagógicos às aulas presenciais. Entende-se que é uma situação transitória e necessária para que, posteriormente, a rotina escolar seja retomada, com mais segurança.

Clique aqui conhecer a Central de Monitoramento.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *