A cidadania exige ética e bom senso

O bullying, ato cada vez mais evidente, caracteriza-se como a prática de atos de violência física e/ou psicológica contra determinada vítima. O bullying apresenta quatro sinais clássicos, sendo: intenção de ferir alguém, repetição da agressão, presença de espectadores e a concordância do alvo sobre a ofensa. 

Conversas sobre a tolerância e o respeito, desde a infância, são fundamentais para que haja um entendimento sobre a gravidade de atos violentos e quais os problemas eles podem gerar. Para isso, entender sobre a cidadania também é fundamental. A cidadania refere-se à prática de direitos e deveres de cada pessoa, que devem andar sempre juntos, para o bem da sociedade. Como diz o ditado popular, “o meu direito termina onde começa o do outro” e isso envolve ética e bom senso. 

Todo este debate foi realizado na turma do 5º ano A, com o auxílio da professora Goretti e a presença da Orientadora Educacional do colégio, Terezinha Duarte. Articulando ao conteúdo de história, sobre a construção da cidadania e o papel de cada pessoa na sociedade, os alunos discutiram sobre as relações entre cidadania e práticas de bullying.

Terezinha comenta que foram destacados “o significado da empatia e sua importância para uma boa convivência presencial e relacionamento mesmo à distância, onde o respeito deve prevalecer. Todos concordaram, lembrando que devemos fazer aos outros, aquilo que gostaríamos que eles nos fizessem.

Clique aqui para ver as fotos da atividade. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *