Seleção OBR no ICJ

Sexta feira, dia 20/04, estudantes do 9° ano e do Ensino Médio participaram do primeiro de quatro encontros da seleção ICJ para a Olimpíada Brasileira de Robótica.

Na ocasião, as 13 equipes formadas no Colégio se reuniram, assistiram às aulas sobre programação, aprenderam conceitos tecnológicos, passaram por desafios baseados na Olimpíada e até criaram alguns robôs.

Nesse processo vem sendo feita uma avaliação criteriosa, não só na parte técnica, mas também comportamental de todos os participantes.

No dia 11/05, sexta-feira, serão definidos os 6 finalistas que representarão a escola no maior evento de Robótica que acontece no Brasil. Aguardamos ansiosos!

Veja as fotos: https://flic.kr/s/aHsmgBAHmk

Aula de Física do Ensino Médio

No dia 18/04, a turma de 1º ano do Ensino Médio participou de uma aula de Física sobre velocidade relativa.

Durante a aula, os alunos puderam colocar em prática os conceitos trabalhados em sala, utilizando o equipamento da Lego Mindstorm para criar hipóteses e verificar resultados.

Para isso, foi utilizado um protótipo criado pelo orientador de Robótica Pablo Carvalho e reproduzido pelos alunos.

Com a linguagem de programação do software da Mindstorm, os alunos utilizaram uma variável matemática para aplicar a potência desejada nos motores do carrinho.

Depois disso, o professor lançou alguns desafios para que os estudantes empregassem o que foi aprendido, tentando pontuar e conquistar a colocação da equipe mais eficiente.

Plataforma Plurall

Em 2018, o ICJ aderiu a uma nova plataforma educacional digital dinâmica e interativa que funciona como um complemento nos estudos dos alunos do Fundamental II e Ensino Médio, o Plurall, da Somos Educação.

O programa se propõe a transformar o estudo em uma experiência muito além do universo escolar e, para isso, traz um novo conceito em estudos: a educação sem limites. Disponibiliza virtualmente livros didáticos das editoras Ática, Scipione, Saraiva ou Atual e possui um plantão online no qual o aluno pode tirar dúvidas relativas ao conteúdo e aos exercícios em tempo real.

Para obter maior assertividade no processo de ensino, os professores e coordenadores têm acesso a relatórios que são gerados com base nos acessos dos alunos. Os familiares e responsáveis também podem navegar na plataforma e visualizar os relatórios, participando de maneira mais ativa no desenvolvimento de seus filhos.

Com essa iniciativa, o ICJ almeja incentivar os hábitos de estudos de uma geração ultra conectada, além de permitir que os alunos tenham mais autonomia no seu percurso formativo.

Confira em anexo os tutoriais de acesso à plataforma!

 

Tutorial Acesso Plural – 6º e 7º Ensino Fundamental

Tutorial Acesso Plural – 8º ano ao 3º Ensino Médio

Hora Cívica Ensino Médio

Com intuito de promover o civismo, recuperando a lembrança e sentimentos pátrios dos alunos, o Colégio ICJ promove semestralmente a Hora Cívica.

Para o Ensino Médio, a Hora Cívica deste semestre abordou uma temática especial; a mulher. Na ocasião foi feita uma homenagem ao “mês das mulheres”, reforçando a ideia de que não precisa existir uma data especial para que se possa prestigiar suas conquistas, competência e amor.

A aluna Gabriela Silva Medeiros, do 2º ano, fez a leitura de um comovente texto que marcou a todos que compareceram ao evento. Em sua fala, enalteceu o nome da vereadora Marielle Franco, que foi vítima de um cruel assassinato, transmitindo o anseio de que mulheres dedicadas, corajosas, determinadas, lutadoras e que não se calam diante das injustiças germinem cada vez mais pelo país.

Durante a Hora Cívica também foi realizada a entrega dos certificados de Aluno Destaque, programa do Colégio voltado para o Ensino Médio que promove a meritocracia. Anualmente, são distribuídas nove bolsas de até 90% de desconto nas mensalidades escolares para alunos que se dedicam a alcançar um bom desempenho escolar.

Os contemplados deste ano foram:

  • 1º ano

Júlia Mérice – 1º lugar

Lucca Souza – 2º lugar

Aurora Costa – 3º lugar

  • 2º ano

Alice Parreiras – 1º lugar

Isadora Reis – 2º lugar

Maria Clara Araújo – 3º lugar

  • 3º ano

Valéria Lamounier – 1º lugar

Isabela Carolina – 2º lugar

Henrique Pereira – 3º lugar

Os familiares dos alunos compareceram ao evento e puderam compartilhar esse momento no qual celebraram, com muita alegria, uma grande conquista!

Confia a galeria de fotos: https://flic.kr/s/aHsm8DQMYE

Equipe ICJ em palestra da ACMinas

No dia 29/11, colaboradores e alunos do Colégio ICJ compareceram à palestra “A força das mulheres no empreendedorismo tecnológico”, ministrada por Ciranda de Morais na ACMinas.

O evento girou entorno da revolução advinda com a era digital e da maneira como vivemos e fazemos conexões. A palestrante enfatizou que o mundo está cada vez mais conectado e que as formas tradicionais de fazer negócios já não são suficientes, demandando soluções mais criativas e inovadoras.

Entre os presentes, estavam a Presidente do Conselho da Mulher Empreendedora da ACMinas e Diretora de Ensino do ICJ Christina Fabel, a Diretora Pedagógica do ICJ Aparecida Nicolai, o técnico de informática Denilson Barbosa, o estagiário do Ensino Médio Ângelo Cardoso, o orientador de Robótica Pablo Carvalho e os alunos Gabriel Morais e Matheus Ribeiro.

Pablo Carvalho e os alunos encontraram no evento uma oportunidade para ampliarem os conhecimentos sobre empreendedorismo tecnológico, buscando novas experiências e uma perspectiva diferente para consolidarem a empresa de Educação Tecnológica para Jovens, que estão estruturando como desdobramento da startup The Life Project.

Foi uma palestra que agregou muito a todos os convidados e, principalmente, aos novos jovens empreendedores!

1º ano do Ensino Médio visita Memorial Minas Vale

Nesta terça-feira, dia 28/11, o 1º ano do Ensino Médio realizou uma visita ao Memorial Minas Gerais Vale, museu que integra o Circuito Cultural Praça da Liberdade.

O objetivo da visita foi aproximar os alunos de espaços que trazem a alma e as tradições de Minas, contadas de forma interativa e contemporânea.  45°Marcadores

Caracterizado como Museu de Experiência, o local conta com exposições com obras de artistas como Carlos Drummond de Andrade, Guimarães Rosa, Lygia Clark e Sebastião Salgado, além de ambientes temáticos que remetem aos movimentos Barroco e Modernismo Mineiro, bem como à família mineira, às fazendas, à Casa da Ópera e às vilas dos séculos passados.

Com cenários reais e virtuais se misturando, os alunos puderam colocar em contato direto presente e passado, vivenciando experiências e sensações que atravessam nosso tempo!

MINIONU da PUC Minas

Entre os dias 12 e 15 de outubro, aconteceu na PUC Minas, campus Coração Eucarístico, o tradicional MINIONU. O evento, realizado pelo Departamento de Relações Internacionais da PUC, integra o conjunto de simulações das Nações Unidas realizadas em todo mundo e, há quase 20 anos, propõe-se a levar temas internacionais aos alunos do Ensino Médio, instigando-os a propor soluções para problemas que afetam a humanidade.

Após meses de espera e preparação, estudantes de Ensino Médio do Colégio ICJ participaram do MINIONU em sua 18º edição. Inicialmente, foram aos workshops, conduzidos por convidados especialistas e pessoas diretamente ligadas às temáticas discutidas. Na ocasião, puderam aprofundar seus conhecimentos nos temas pautados, complementando os conteúdos que seriam abordados nos debates.

Em seguida, participaram das discussões promovidas pelos comitês. Os temas abordados foram pensados e trabalhados em conjunto com diretores assistentes, voluntários e equipe de Coordenação. Entraram em pauta os Direitos Humanos, Direito Internacional, problemas de segurança e muitos outros, sendo que cada comitê incorporou um pouco de todos os setores do MINIONU. Os alunos ICJ participaram dos comitês de Imprensa, CSW 7, WCAR, UNODC, CDH, ACNUDH e OIT.

No Comitê de Imprensa, as alunas Dara Russo e Karla Sancher, ambas do 2º ano do Ensino Médio ICJ, participaram da cobertura jornalística do evento e auxiliaram na produção do jornal Primal Times, que circula com notícias e informações sobre os comitês. Elas realizaram duas publicações no jornal, que estão disponibilizadas em anexo*.

Dara sempre integra o Comitê de Imprensa da SIMICJ e, neste ano, teve a oportunidade de integrar o comitê do MINIONU. Ela relata que, mesmo em meio à correria e pressão do evento, vivenciou dias muito instrutivos. Karla, por não ter tido experiência nesse comitê durante a SIMICJ, considerou a experiência nova bem diferente, contudo, muito boa, e afirma ter aprendido várias coisas com o evento.

Já Gabriela Silva, do 1º ano, integrou o Comitê de Inglês, UNODC (2017), e achou tudo muito interessante, principalmente os temas abordados que são atuais e muitos deles, inclusive, abordados nas redações do Enem. Ela também ressalta que a circunstância estimula os envolvidos a “pensarem antes de falar”, visto que todo argumento pronunciado deve ser bem fundamentado e construído a partir de estudos sobre os países. Com isso, a aluna considera que, por assumir o lugar de uma nação, assume também um papel muito importante e de grande responsabilidade.

A participação no MINIONU auxiliou os alunos ICJ a desenvolverem a oratória, escrita, argumentação e os incentivou a se tornarem mais politizados. Além disso, com a proposta de interação, boa convivência e debates saudáveis, estimulou o respeito ao próximo, o estabelecimento de novos laços de amizade, a autoconfiança e, acima de tudo, desenvolveu uma forma de pensarem em si próprios como capazes de fazer a diferença no mundo.

Segue a lista completa de alunos participantes e os respectivos comitês que integraram:

1º ano

Julia de Melo – CSW 7 (1953) – Comissão sobre a Situação das Mulheres de 1953

Monique Emille – WCAR (2017) – Conferência Mundial Contra o Racismo de 2017

Gabriela Silva – UNODC (2017) – United Nations Office for Drugs and Crime 2017

Alice Parreiras – CDH (2017) – Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas de 2017

Gustavo Simões – ACNUDH (2017) – Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos de 2017

Laura Leite – WCAR (2017) – Conferência Mundial Contra o Racismo de 2017

Stephanie Dapue – UNODC (2017) – United Nations Office for Drugs and Crime 2017

 

2º ano

Dara Russo – Comitê de Imprensa (Primal Times) / ECOSOC (2016) – Conselho Econômico e Social das Nações Unidas de 2018

Gabriel Mamed – ACNUDH (2017) – Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos de 2017

Karla Sancher – Comitê de Imprensa (Primal Times) / ECOSOC (2016) – Conselho Econômico e Social das Nações Unidas de 2018

Rebeca Araujo – OIT (2017) – Organização Internacional do Trabalho de 2017

 

3º ano

Maria Victória (chefe de delegação) – OIT (2017) – Organização Internacional do Trabalho de 2017

Joao Victor Guerra Limões – UNODC (2017) – United Nations Office for Drugs and Crime 2017

 

Acesse galeria de fotos do evento: https://flic.kr/s/aHsm9EDVg8 

* Em anexo, as matérias das alunas que integraram o Comitê de Imprensa:

Resultados da OBR

No dia 06 de novembro, duas equipes de Robótica do ICJ viajaram para Curitiba, cidade onde participaram da etapa nacional da Olimpíada Brasileira de Robótica.

As equipes AGJ e THE LIFE PROJECT haviam se destacado na modalidade prática da etapa regional nas categorias 9º ano e Ensino Médio, respectivamente, e se classificaram para etapa nacional.

Em Curitiba, disputaram com outras escolas e mostraram muito empenho: dentre as 3.500 equipes participantes, ficaram com as 25ª e 55ª° colocações!

Por não terem chegado aos dez primeiros lugares da competição, não foram classificados para a Rodada Final. De qualquer forma, participaram da cerimônia de premiação na tarde desta sexta-feira, dia 10/11.

O Colégio se enche de orgulho, pois sabe que o time ICJ está entre os melhores do Brasil! Parabéns, equipe!!!

V Fórum de Jovens ICJ

O Fórum de Jovens é um tradicional evento do ICJ que visa promover um espaço de discussão sobre temas relevantes em diversos segmentos.

Na ocasião, alunos do 9º ano e Ensino Médio têm a oportunidade de aprender e extrapolar conteúdos que os despertam interesse a partir da participação em palestras, mesas redondas e oficinas ministradas por profissionais dos ramos selecionados, professores do Colégio e até mesmo pelos próprios estudantes.

A edição de número 5, que aconteceu nos dias 19 e 20 de outubro deste ano, contou com a presença de convidados importantes e uma intensa participação dos alunos! As temáticas abordadas giraram entorno de questões pertinentes à própria juventude, como o estudo, a tomada de decisão, o consumo consciente, a sexualidade, as drogas e o álcool. Também foram tratados assuntos voltados para o empreendedorismo e a importância da ética para uma carreira profissional de sucesso; a Revolução Digital, consciência tecnológica e manipulação as mídia; os conflitos mundiais e a cultura, abarcando fotografia, teatro, música, releitura de poemas, literatura, movimentos rítmicos, gamelab, yoga.

Assim, além de socializar informações e experiências, os estudantes puderam colocar em prática a arte de inventar, usar a criatividade, criar e participar de situações nas quais expressaram suas aspirações, sentimentos e o modo como veem a vida!

Confira as fotos: https://flic.kr/s/aHsm7rDu3T

Educação Financeira na sala de aula e no dia a dia

Segundo estudos da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE)*, mais da metade dos alunos brasileiros na faixa etária de 15 anos não possui conhecimentos básicos sobre como lidar com dinheiro no cotidiano.

Esse dado foi comprovado pelo teste “Cultura Financeira dos Estudantes” realizado no Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa). Os resultados divulgados no final de 2016 evidenciam que 53% dos alunos brasileiros ficaram abaixo do nível de conhecimentos financeiros mínimos, ou seja, não são capazes de enfrentar situações financeiras diárias para tomar decisões. Além disso, somente 3% dos estudantes se mostraram aptos para lidar com questões financeiras mais complexas.

Em um âmbito geral, o Brasil ficou com o título do pior entre os 15 países ou províncias de economias analisadas no estudo.

Diante desse cenário alarmante, o ICJ se empenha em formar alunos com uma consciência crítica acerca da influência do dinheiro na vida do ser humano, visto que esse é um diferencial extremamente valorizado no mundo de hoje.

Um dos projetos de mediação da aprendizagem do Colégio voltado para esse aspecto é a disciplina de Educação Financeira, ministrada para alunos do 5º ano do Ensino Fundamental e do Ensino Médio. O trabalho é desenvolvido por meio de discussões e exemplos práticos baseados na realidade cotidiana dos alunos.

No 5º ano, o projeto insere-se dentro das aulas de Matemática e propõe uma reflexão voltada para hábitos de consumo. Já no Ensino Médio, os conteúdos giram entorno da situação econômica do país, abarcando medidas viáveis para estimular a economia brasileira.

Dessa forma, ICJ incentiva que os estudantes reflitam sobre um futuro financeiro saudável, com planejamento e orientação, para que possam tomar decisões de modo autônomo e responsável, além de multiplicarem conhecimentos e condutas sobre o tema junto aos seus familiares.

* Confira a reportagem em: http://www.bbc.com/portuguese/brasil-40081292