Cotação de histórias na Educação Infantil

A contação de histórias é uma das práticas mais antigas de que se tem registro e faz parte da história de vários povos, tendo em vista que narrativas orais são passadas de geração a geração desde a antiguidade em um contínuo processo de recriação.

Vale destacar que contar uma história é diferente de ler uma história. O contador utiliza elementos como gestos, ritmo, entonação e expressões faciais para criar imagens que ajudem a despertar sensações e ativar em seu público os sentidos do paladar, audição, tato, visão e olfato.

É isso que a professora da Educação Infantil, Maritsa Merri, faz ao encenar a Dona Maricota, uma personagem que costuma “visitar” os alunos do 1º período para contar suas narrativas carregadas de emoção.

Na aula do dia 23/04, segunda-feira, Dona Maricota contou para as crianças a história inventada da malvada bruxa que prendeu as princesas na torre do castelo e que, no final, foi derrotada por valentes príncipes em seus belos cavalos que se aventuraram para resgatar as lindas donzelas.

Maritsa – ou melhor, a Dona Maricota – não só despertou a atenção dos alunos, mas também fez com que se tornassem os próprios personagens da narrativa. Assim, com muita improvisação e interpretação, garantiu o envolvimento e diversão das crianças!

(Fonte: http://ceale.fae.ufmg.br/app/webroot/glossarioceale/verbetes/contacao-de-historias)

 

 

Seleção OBR no ICJ

Sexta feira, dia 20/04, estudantes do 9° ano e do Ensino Médio participaram do primeiro de quatro encontros da seleção ICJ para a Olimpíada Brasileira de Robótica.

Na ocasião, as 13 equipes formadas no Colégio se reuniram, assistiram às aulas sobre programação, aprenderam conceitos tecnológicos, passaram por desafios baseados na Olimpíada e até criaram alguns robôs.

Nesse processo vem sendo feita uma avaliação criteriosa, não só na parte técnica, mas também comportamental de todos os participantes.

No dia 11/05, sexta-feira, serão definidos os 6 finalistas que representarão a escola no maior evento de Robótica que acontece no Brasil. Aguardamos ansiosos!

Veja as fotos: https://flic.kr/s/aHsmgBAHmk

Atividade do Pense Matemática com o 1º ano

Com intuito de despertar a curiosidade das crianças durante as aulas de Matemática, os alunos do 1º ano participaram de uma dinâmica com a temática dinossauros!

A atividade, que integra o programa Pense Matemática, iniciou-se com algumas perguntas das professoras para os alunos sobre pegadas: o que é uma pegada, que tipos de pegadas conheciam e se podiam identificar a qual animal correspondia cada pegada.

Para ilustrar o tema, houve a exibição de um vídeo intitulado “Pegadas da pesada”, que desencadeou a discussão sobre o tamanho e as formas desses rastros deixados pelos dinossauros, bem como as possíveis formas para medi-los e os instrumentos mais adequados para essa mensuração.

Em seguida, com intuito fazer com que os alunos aplicassem as relações de medida e grandezas, produziram suas próprias “pegadas de dinossauro” em tamanho reduzido e também algumas réguas seguindo moldes previamente disponibilizados. Com isso, puderam explorar o tamanho das pegadas e também traçar caminhos para realizar comparações de proporções.

Confira a galeria de fotos: https://flic.kr/s/aHsmi3Z2hS

 

Aula de Física do Ensino Médio

No dia 18/04, a turma de 1º ano do Ensino Médio participou de uma aula de Física sobre velocidade relativa.

Durante a aula, os alunos puderam colocar em prática os conceitos trabalhados em sala, utilizando o equipamento da Lego Mindstorm para criar hipóteses e verificar resultados.

Para isso, foi utilizado um protótipo criado pelo orientador de Robótica Pablo Carvalho e reproduzido pelos alunos.

Com a linguagem de programação do software da Mindstorm, os alunos utilizaram uma variável matemática para aplicar a potência desejada nos motores do carrinho.

Depois disso, o professor lançou alguns desafios para que os estudantes empregassem o que foi aprendido, tentando pontuar e conquistar a colocação da equipe mais eficiente.

Promoção Livraria Coração de Jesus

A Livraria Coração de Jesus lança esta semana a promoção Comprou Ganhou, que irá beneficiar os clientes com cupons de desconto.

A cada R$ 40,00 em compras na livraria, o comprador ganha um cupom de desconto. Juntando 10 cupons poderá trocar por um desconto de 10% nas compras à vista.

Fique atento para os prazos: a distribuição de cupons acontecerá até 31/03/2019 e o período de troca se estenderá até 31/07/2019.

Vale destacar que a promoção não é cumulativa com outros descontos concedidos pela Livraria.

Confira o regulamento: Regulamento da Promoção Comprou Ganhou

Não fique de fora!!!

Mala e Cuia

Há mais de 20 anos, o Colégio ICJ promove o tradicional projeto Mala e Cuia, que tem o intuito de desenvolver habilidades sociais nas crianças do Ensino Fundamental I.

A edição 2018 teve início na tarde da sexta-feira, dia 13/04, quando alunos foram recebidos com muito carinho para passarem a noite no Colégio.

Com direito a muita pipoca, as crianças assistiram a uma apresentação de jazz das alunas da Escola de Esportes e Arte, seguida por um grande espetáculo de circo da equipe Trupetralha, que contou com malabarismos com fogo cênico, acrobacias e palhaçadas.

Dando sequência às atividades, participaram de um divertido circuito de brinquedos, de uma instigante caça ao tesouro e ainda agitaram a pista da discoteca na hora dançante.

As professoras também organizaram guerras de travesseiros nas salas e fecharam a noite com momentos de contação de histórias e exibição de filmes.

Na manhã de sábado, os alunos se despediram do projeto com uma linda apresentação musical para os pais.

Foi tão incrível, que já está deixando saudades! Ano que vem tem mais!!!

Confira as fotos: https://flic.kr/s/aHskwnxsjr

Dinâmicas de alfabetização

Para auxiliar as crianças no processo de alfabetização, as professoras do ICJ promovem dinâmicas criativas e muito estimulantes.

Recentemente, as turminhas de 1º ano foram apresentadas ao dicionário e puderam explorá-lo na atividade “Que livro é esse?”.

E, para colocarem em prática as palavrinhas aprendidas, participaram de um divertido “ditado estourado”!

Como uma maneira diferente de se trabalhar o tradicional ditado, essa atividade ajudou o desenvolvimento dos alunos e estimulou habilidades como a concentração, escrita e leitura, retomando o que havia sido ensinado e auxiliando a verificar a evolução dos pequenos.

A roda literária é outra proposta que contribui com a aprendizagem dos alunos. As crianças escolhem livros na biblioteca e, além da leitura, fazem atividades lúdicas relacionadas aos mesmos para reforçar o que aprenderam.

Na última roda, por exemplo, os alunos reproduziram as capas dos livros lidos e montaram lindos quebra-cabeças.

As dinâmicas foram um sucesso. Afinal, aprender brincando é sempre melhor, porque assim o que se estuda torna se significativo para a criança!

Confira as fotos: https://flic.kr/s/aHsmiFMSPF

Festa da Família da Educação Infantil

No último sábado, dia 07/04, o Colégio ICJ foi palco da tradicional Festa da Família da Educação Infantil.

Pais, avós, tios, irmãos, primos e padrinhos se uniram às crianças nessa grande comemoração.

Os alunos abriram o evento com uma linda apresentação musical e logo em seguida foi dada a largada para um divertido circuito de brincadeiras.

Teve estoura balão, futebol de lençol, corrida do saco, dança das cadeiras, brinquedos infláveis e muito mais!

Ao final, as famílias se reuniram no Ecoparque e realizaram um agradável piquenique.

Confira a galeria de fotos: https://www.flickr.com/gp/[email protected]/2F12uQ

Pintura rupestre do 2º ano

As turmas de 2º ano do Colégio estão estudando a Pré-história, mais especificamente a forma como as pessoas pintavam e modelavam naquela época.

As crianças aprenderam que as pinturas eram feitas sobre rochas e os pelos de animais serviam de pincel. Além disso, descobriram que plantas trituradas e terra viravam tintas incríveis.

Para compreender um pouco dessa realidade na prática, as professoras propuseram que os alunos também criassem seus próprios materiais de pintura.

Para isso, foram pesquisados diferentes tipos de terra: de jardim, vermelha, areia e argila.

Com pequenas amostras separadas em copos de plástico transparente, os alunos adicionaram cola e um pouco de água às porções, dando origem as suas próprias tinturas.

Com os materiais em mãos, fizeram lindas “pinturas rupestres” e puderam explorar diferentes tons e texturas!

Confira a galeria de fotos: https://flic.kr/s/aHsmhcVyQo