Aprender que as derrotas, os fracassos e as perdas existem

Pais que não têm coragem de reconhecer seus erros nunca ensinarão seus filhos a enfrentar seus próprios erros e a crescer com eles.

Pais que admitem que estão sempre certos nunca ensinarão seus filhos a transcender seus fracassos.

Pais que não pedem desculpas nunca ensinarão seus filhos a lidar com a arrogância.

Pais que não revelam seus temores terão sempre dificuldade de ensinar seus filhos a ver nas perdas oportunidades para serem mais fortes e experientes.

Os nossos filhos precisam aprender que as derrotas, os fracassos e as perdas existem, e eles precisam estar preparados.

Fonte: Augusto Cury
Adaptação: Maria Leonete Rosa

 

6 comentários em “Aprender que as derrotas, os fracassos e as perdas existem

  1. Com certeza! Os pais são a base que qualquer relação no seio da família. Filhos bem preparados educadamente espelham a crianção que tiveram e indubitavelmente ressoa num futuro em que os filhos são capazes de agir por conta própria independendo cada vez menos dos pais, pois estão habilitados na vida como seres autônomos.

  2. Muito bom o texto. Ensina de forma clara e objetiva como ajudar nossos filhos a se tornarem pessoas fortes e produtivas e bem situadas no contexto social.

  3. Sensacional o texto , mostra que se os pais estiveram preparados para enfrentar as derrotas , automaticamente já estão ensinandos seus filhos a lhe com os problemas .

  4. Bem dizem que o exemplo arrasta… Tentar ensinar o que não se vivencia na essência não pode dar um bom resultado. Devemos educar preparando nossos filhos para a vida real onde frustrações, perdas, decepções acontecem e o que faz a diferença é como lidamos com tudo isto. E também reconhecer que há muita coisa boa nesta vida real, há muita bondade. Só precisamos aprimorar a visão de nosso coração… E isto acontece quando decidimos crescer!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *